Eduardo Costa

Coluna do Eduardo Costa

Veja todas as colunas

Mais Notícias

Ainda sob descrença e furto de carros

Ainda sob descrença e furto de carros

06/05/2013 às 02:13

Como era de se esperar, repercutiu muito a coluna de terça-feira, quando disse considerar que a mentira contada por um despachante, de que haveria uma criança dentro de seu carro roubado, era tentativa de obrigar a polícia a ir atrás e prova definitiva da descrença que o cidadão tem em relação à apuração de alguns crimes. Números do delegado Ramon Sandóli provam que há um esforço para conter os abusos, mas, confirmam a triste realidade: todo dia seis carros são levados para sempre, só na capital. O delegado Sandóli responde pela Coordenação de Operações Policiais do DETRAN de Minas e reuniu dados que revelam esforços: o número médio de ocorrência de furtos e roubos, diariamente, em Belo Horizonte, caiu, nos últimos três anos, em um terço. Ainda assim, são assustadores: no primeiro semestre desse ano, foram levados 2.528 veículos dos quais só l.465 foram recuperados. Em outras palavras: seis somem para sempre, vão para o interior, para lugares misteriosos ou viram “peças usadas” nesses ferros-velhos que proliferam na cidade. A propósito, sabendo que atuar no varejo é impraticável, até porque já temos l,3 milhões de veículos registrados na capital (há de se considerar os de outras praças que circulam por aqui), o delegado optou pela tática de investigar gangues especializadas em furto, receptação e desmanche. Tem dado certo: em relação a igual período do ano passado, o crime diminuiu 15 por cento e a recuperação aumentou 4,2 por cento. Há outra dificuldade: 79 por cento das ocorrências são de furto – não tem vítimas de agressão ou testemunhas. De todo modo, vou continuar chateando as autoridades porque todo dia alguém me chateia pedindo socorro para o carro roubado.

Escreva seu comentário

Preencha seus dados

ou

    #ItatiaiaNasRedes

    RadioItatiaia

    Lateral de 22 anos está em BH para realizar exames médicos nas próximas horas

    Acessar Link

    RadioItatiaia

    A vítima comia um sanduíche em casa com a namorada quando foi baleado duas vezes no peito

    Acessar Link