Eduardo Costa

Coluna do Eduardo Costa

Veja todas as colunas

Mais Notícias

Abandonados

Tenho insistido nesse espaço sobre a falta de atendimento, por parte dos que administram nossa cidade; respostas simples às agruras diárias dos cidadãos. Hoje, tenho dois exemplos:

19/09/2014 às 10:48

Tenho insistido nesse espaço sobre a falta de atendimento, por parte dos que administram nossa cidade; respostas simples às agruras diárias dos cidadãos. Hoje, tenho dois exemplos. O primeiro é relatado por José Antônio Soares:

“Como nossa cidade se encontra desprotegida! Os flanelinhas estão cometendo verdadeiro assalto contra nós, pobres cidadãos, que pagamos impostos e não temos nada em troca. Dias atrás fui em um casamento na igreja de Lourdes, como éramos 6 pessoas fomos em dois (carros) e tivemos que  pagar  R$ 20,00 de cada carro para deixa-los  na rua, sem nenhuma segurança e garantia por esses bandidos  na pele de flanelinhas. No último domingo, passei pela mesma situação na Pampulha mais precisamente no parque Guanabara, que já  é um local caro... Tive que pagar R$20,00  e quando questionei o infeliz ainda me disse:” melhor pagar 20 do que perder o carro ou ter a rodas roubadas”. O pior é que há poucos metros dos locais em fui roubado vi carros da Bhtrans circulando, fazendo não sei o quê. Também me chamou a atenção o fato de que nos dois casos dei uma nota de 50 reais e fiquei impressionado com a quantidade de dinheiro que o rapaz tirou do bolso na hora de voltar o troco; ou seja, muito mais do que ganho no mês inteiro trabalhando dentro das regras. Socorro, não temos a quem reclamar!”.

A outra queixa vem do servidor público John Santos:

“Sou ciclista e motociclista, sofro com as tampas de bueiros e bocas de lobo nas avenidas da nossa cidade e agora venho percebendo os riscos das faixas pintadas de sinalização de pedestres e das ciclovias de BH, e identifiquei algumas falhas nas mesmas; gostaria que fosse divulgado e que a BHTrans ou os órgãos responsáveis, buscassem alguma forma de corrigir os erros, pois, com a chegada das chuvas os riscos de acidentes irão aumentar e muito. As faixas, ao serem molhadas com as irrigações dos canteiros centrais ou até mesmo com águas jogadas a ermo pela população, tornam-se perigosas por não serem antiderrapante, causando quedas e até mesmo colisão graves entre veículos. Não sei se isso já foi percebido pelo órgão responsável, mas essas novas faixas estão em diversos corredores de trânsito da cidade e com a chegada das chuvas esses corredores se tornarão fatais. Venho informar que na segunda-feira foi registrado um acidente sem vítima em frente ao Shopping Diamond Mall, no cruzamento da Gonçalves Dias com Av. Olegário Maciel, onde o canteiro é normalmente molhado duas vezes ao dia”.

São ações simples que os habitantes da cidade pedem para que ela seja mais humana, que tenhamos o prazer de sair de casa. É certo que um ministro da mais alta corte da Justiça brasileira já decidiu a favor do jovem que fica na rua, sem autorização, fingindo tomar conta de carros, mas, não podemos desistir. Também evitar acidentes é um dever das autoridades. Não é pedir muito. Só o básico. Se tiverem um pouco de boa vontade, dá prá fazer... Como diria um candidato que quase chegou lá.

Escreva seu comentário

Preencha seus dados

ou

    #ItatiaiaNasRedes

    RadioItatiaia

    🐔 Bilhetes contemplam os setores Amarelo Superior, Laranja Inferior e Laranja Superior: saiba como comprar #Itatiaia https://www.itatiaia.com.br/noticia/atletico-lanca-segu...

    Acessar Link

    RadioItatiaia

    TIRO DE META, COM EMERSON PANCIERI - 27/01/2022

    Acessar Link