Eduardo Costa

Coluna do Eduardo Costa

Veja todas as colunas

Mais Notícias

A PM voltou; a Savassi também!

"Como foi agradável constatar que a nossa polícia voltou a se impor..."

18/06/2014 às 09:55

Dediquei a tarde desta quinta-feira para circular pela região mais charmosa de Belo Horizonte. E como fui feliz! Que bom ver gente de todas as idades, ideologias, origens, desejos e aparências num mesmo espaço, desfrutando a liberdade duramente conquistada pelos brasileiros. Como foi agradável constatar que a nossa polícia voltou a se impor, ser respeitada, respeitando os que querem – e têm o direito de se manifestar – sem, por qualquer pretexto, dar margem para violências gratuitas e detestáveis que a gente vinha assistindo. E com que satisfação ver a Savassi cheia de novo, alegre e festiva, embora muitas de suas lojas estivessem fechadas, não pela possibilidade de violência, ontem, mas, por conta de uma série de erros e omissões de governos, por falta de segurança e de estímulo.

Vamos detalhar. Primeiro, a Savassi, que sempre foi o lugar preferido de toda a cidade para as grandes comemorações, mas vem sendo esvaziada abruptamente desde que inventaram uma obra compensatória para ampliações indevidas no Pátio Savassi e ilharam todas as lojas, todo o comércio por um prazo infinitamente superior ao planejado. É só olhar com atenção para constatar a grande rotatividade dos locadores nas lojas, com indicativo claro de que poucos negócios estão conseguindo sobreviver e há o real risco de aquele espaço de convivência sem igual se tornar apenas um bairro residencial, cheio de arranha-céus.

E a PM? Essa, sempre competente, foi muito prejudicada por governantes espertalhões, que não querem desgaste nas eleições de outubro e, por isso, criaram uma situação inusitada: não resolveram os principais problemas da população e, diante da reação popular, mandaram a polícia... Pior, com ordem de não agir. Ou seja, a nossa polícia, a mais preparada do Brasil, vem sendo desmoralizada, obrigada a se sujeitar a espetáculos grotescos como aqueles da quinta-feira passada quando meia dúzia de vândalos destruiu parte da Avenida João Pinheiro e a PM só olhou. Ontem foi diferente. Na verdade, no sábado já tinha sido, quando a PM cercou a Praça Sete. Ontem, cercou a Savassi. Quem quis protestar, protestou; quem quis ver o jogo, reunir com os amigos, tomar uma cerveja, se sentiu seguro para tal.

Os bravos policiais seguramente estão mais felizes porque de novo estabeleceram limites – uma polícia existe é para isso e não solucionar problemas sociais – e, pelo menos, por mais dois motivos: ontem mesmo o governador sancionou lei aprovada anteontem proibindo uso de máscaras nas manifestações e a AGE – Advocacia Geral do Estado decidiu que, quando um promotor quiser fazer recomendações de como a polícia deve agir, deve fazê-lo através do procurador-geral que, por sua vez, vai encaminhar ao comandante-geral da PM. Chega de pressão sobre os oficiais que estão trabalhando e sofrendo com a insatisfação da sociedade... Os bravos promotores deviam é recusar os novos privilégios, aprovados pela Assembleia, e que vão dar a eles dinheiro para livro, mudança e...

Escreva seu comentário

Preencha seus dados

ou

    #ItatiaiaNasRedes

    RadioItatiaia

    Com crescimento no número de casos em janeiro, o município abriu mais 204 leitos de enfermaria e nove de UTI #Itatiaia https://www.itatiaia.com.br/noticia/prefeitura-de-belo...

    Acessar Link

    RadioItatiaia

    🐰 Fábio seria uma boa contratação para o Coelho? Dê sua opinião! #Itatiaia https://www.itatiaia.com.br/noticia/fabio-aceita-diminuir-pedida-salarial-e-conversas-com-o-ameri...

    Acessar Link