Eduardo Costa

Coluna do Eduardo Costa

Veja todas as colunas

Mais Notícias

A melhor polícia do Brasil?

A melhor polícia do Brasil?

06/05/2013 às 02:13

O governador já sabe, tanto é que mudou toda a cúpula das duas polícias. A Assembleia Legislativa já sabe por que o deputado mais bobo naquela casa é capaz de consertar avião em pleno voo. Da mesma forma, os desembargadores, juízes, promotores, todos já sabem que estamos vivendo um momento muito difícil na área de segurança pública.

Eu só preciso dizer que, mesmo os mais pacientes – como é o meu caso – já não suportam tanto sucateamento da Polícia Civil e a indiferença crescente em relação à Polícia Militar. Já sei que vão me ligar dizendo “assim você faz crescer o sentimento subjetivo da insegurança” ou que “dificuldades existem, mas estão sendo enfrentadas” e mais um sem número de coisas que ouço há mais de três décadas. O que quero dizer com todas as letras é que vivemos o pior dos mundos, nos últimos 20 anos, e não há reação à altura.

Depois que a dupla Aécio/Anastasia assumiu, os índices baixaram e havia perspectivas de futuro, com programas de prevenção e a retirada dos presos das delegacias. Agora, sabe-se que investiram apenas 30 por cento do que deveriam no “Fica Vivo”, outros programas estão despedaçados, o “Aliança pela Vida” para o enfrentamento das drogas ficou na promessa e a tal da integração continua restrita aos discursos de cúpula.

Se quiserem bons exemplos de como estamos em situação delicada posso lembrar o caso do Mercado Central, cujos executivos pediram a um funcionário para pegar cópia de ocorrência junto à 6ª Companhia, que fica na área central de Belo Horizonte. Informado de que não havia tinta na impressora, foi orientado a pegar tal cópia na Secional Centro, da Polícia Civil onde lhe disseram que não havia impressora.

Posso também transmitir-lhes o caso do empresário que chegou sábado à noite ao nosso Aeroporto Internacional, detectou o furto do estepe (embora o carro estivesse no estacionamento e ao custo de R$ 92,00) procurou o posto da PM e foi informado de que não poderiam registrar a queixa porque a impressora estava estragada; encaminhado ao posto da Polícia Civil. Lá, o agente de plantão não apenas recusou-se a prestar o serviço, alegando que o “sistema” estava fora do ar como ainda disse que conhece muita gente capaz de inventar uma boa estória para ver se consegue um pneu novo.

 Senhores chefes das polícias: a coisa está ficando fora de controle e todo mundo está percebendo. “O apocalipse chegou?”.

Escreva seu comentário

Preencha seus dados

ou

    #ItatiaiaNasRedes

    RadioItatiaia

    Ao todo, mais de 148 milhões de brasileiros já foram vacinados com a primeira e segunda vacina #itatiaia

    Acessar Link

    RadioItatiaia

    A Anvisa ainda não se posicionou oficialmente sobre as últimas ameaças recebidas e só deve se pronunciar na segunda-feira #itatiaia

    Acessar Link