Eduardo Costa

Coluna do Eduardo Costa

Veja todas as colunas

A mãe de todas as tragédias

04/02/2019 às 12:29
A mãe de todas as tragédias

Em 4 de fevereiro de 1971, há 48 anos, um pavilhão de exposições em obras na Gameleira desabou na hora do almoço, deixando 65 mortos e 50 feridos. O governador da época, Israel Pinheiro, se preparava para inaugurá-lo e, por isso mesmo, os serviços estavam a todo vapor, com 512 operários em ação, para tonar realidade um projeto do famoso Oscar Niemeyer. Foram surpreendidos na hora do almoço.

Décadas depois, percorri gabinetes de juízes, políticos e advogados em busca de indenização para famílias destroçadas. Uma das viúvas, Elza, ficou minha amiga de tanto que a entrevistei em busca de justiça. Não posso afirmar com convicção, mas, provavelmente, até hoje deve ter muito órfão com a vida comprometida e sem qualquer reparação de danos. O principal acusado, Joaquim Cardozo – engenheiro que fez os cálculos, nunca mais foi o mesmo, segundo conhecidos. Com as costas curvadas, parecia carregar o remorso. Cadeia não conheceu. Nem ele nem ninguém.

Salvo engano, continua sendo a maior tragédia da construção civil no Brasil. Agora, temos em Brumadinho o maior desastre da mineração no mundo. 

Em 71, era apenas ascensorista de hotel com carteira recém-assinada. Hoje, com mais de quatro décadas no jornalismo, posso afirmar: não foi acidente, não foi algo imprevisto, fora das previsões e do controle dos humanos. Exatamente porque até hoje ninguém foi preso pela tragédia da Gameleira e tantas outras é que a vida do pobre vale tão pouco. E não é exclusividade de grandes empresas como Vale; a nossa rotina mostra que as instituições cuidam das consequências, se omitem na fiscalização, na ação prévia, no zelo necessário com as pessoas.

Naquela lama de Brumadinho, há contaminação ainda mais letal que mercúrio e chumbo (Césio?): há uma cultura brasileira de chorar depois que a procissão passou, trocar a fechadura depois que aporta foi arrombada e quem está no poder finge que se preocupa com algo além do umbigo.
 

Escreva seu comentário

Preencha seus dados

ou

    #ItatiaiaNasRedes

    RadioItatiaia

    Município admite necessidade de aumentar número de leitos pediátricos #itatiaia

    Acessar Link

    RadioItatiaia

    Conteúdo publicitário Quer dar um toque especial naquele almoço de final de semana? A chef Clara Senra te ensina uma receita de strogonoff, mas um algo a mais!! Veja só! Quer...

    Acessar Link