Edilene Lopes

Coluna da Edilene Lopes

Veja todas as colunas

Será sancionado, na quinta-feira, o marco regulatório das startups em Minas

12/01/2021 às 05:00

Depois da viagem ao Sul de Minas, o governador Romeu Zema (Novo) volta a Belo Horizonte com uma agenda pública na Cidade Administrativa. Na quinta-feira (14), às 15h, ele vai sancionar, durante um evento, o projeto 3578/2016, que institui o marco regulatório das startups que, no projeto, são definidas como empresas de caráter inovador que visam aperfeiçoar sistemas, métodos ou modelos de negócio, produção, serviços ou produtos.

O projeto, que estava parado na Assembleia Legislativa há quatro anos, é de autoria dos deputados tucanos Dalmo Ribeiro e Antônio Carlos Arantes. O objetivo é incentivar o desenvolvimento de novas empresas e fortalecimento da inovação no estado.  A alta carga tributária, o excesso de exigências legais e a burocracia estão entre os empecilhos que o setor acredita quem possam ser resolvidos pela nova lei. 

Minas Gerais tem, inclusive, um programa voltado para aceleração de startups, o SEED que, na edição deste ano, fica com inscrições abertas até 29 de janeiro e destina 90% das 60 vagas para startups que apresentarem soluções tecnológicas para desafios enfrentados pelos órgãos públicos estaduais.

Vinte e dois órgãos da administração direta e indireta do estado apresentaram 105 propostas de desafios que poderiam ser solucionados pelas startups. Trinta e sete foram aprovadas e estão no edital. As 60 startups selecionadas terão investimento de 80 mil reais. É a primeira vez que o estado restringe as soluções a serem apresentadas ao ambiente da própria máquina pública. A lógica é: já que o estado está investindo, então que os empreendedores trabalhem para ajudar o estado. 

A volta dos que não foram

Durou pouco a expectativa dos estados de que uma data para o início da vacinação contra a covid-19 pudesse ser anunciada nesta terça-feira. A reunião, que estava marcada para esta terça-feira, às 15h, por videoconferência, entre os governadores, o presidente Jair Bolsonaro, e o ministro da Saúde, Eduardo Pazuello, foi desmarcada na noite dessa segunda (11).

O ministro, que está em Manaus afirmou que, como a situação da pandemia lá é drástica, com insuficiência de leitos e como ainda não há uma data prevista para início da vacinação, não seria possivel realizar a reunião nesta terça-feira.

O encontro foi remarcado para a próxima terça-feira (19). A data do início da imunização depende da liberação de vacinas pela Agencia Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa). A mensagem aos outros governadores foi repassada pelo governador do Piauí, Wellington Dias (PT).

Escreva seu comentário

Preencha seus dados

ou

    #ItatiaiaNasRedes

    RadioItatiaia

    O prêmio de R$ 1,5 milhão não é reajustado há 12 anos pelo programa

    Acessar Link

    RadioItatiaia

    Operações foram interrompidas devido às fortes chuvas que atingiram o Estado nas últimas semanas

    Acessar Link