Edilene Lopes

Coluna da Edilene Lopes

Veja todas as colunas

Polícia investiga fura-fila de vacina na Prefeitura de Ribeirão das Neves

Polícia investiga fura-fila de vacina na Prefeitura de Ribeirão das Neves

17/03/2021 às 05:17

A Assembleia Legislativa de Minas Gerais tem fiscalizado as denúncias de desvio de vacinas relacionadas ao estado. Agora, além das câmaras municipais, o Tribunal de Contas, o Ministério Público de Contas e o próprio Ministério Público, por meio das comarcas, precisarão ter atenção redobrada em relação aos municípios. As denúncias de fura-fila da vacina contra covid-19 em cidades mineiras já começam a aparecer.

Nessa terça-feira (16), informamos em primeira mão que a Prefeitura de Ribeirão das Neves, na Região Metropolitana de Belo Horizonte, confirmou que o secretário municipal de Saúde foi vacinado e que servidores administrativos também.

Agora, virou caso de polícia. A 1ª Delegacia de Ribeirão das Neves, em Justinópolis, instaurou inquérito para investigar as denúncias de fura-fila da vacina na cidade. A Polícia Civil recebeu informações de troca de imunizantes por caixas de cerveja, de servidores falecidos que constariam na lista de vacinados e de servidores de outras pastas que também estariam entre os contemplados.

Em nota enviada nessa terça-feira (16), a prefeitura respondeu que a imunização é realizada no município de acordo com o Plano Nacional de Vacinação. De acordo com números enviados pela administração municipal, foram vacinadas na cidade, até essa terça, 5.264 pessoas, sendo 2.746 profissionais da saúde. Segundo a prefeitura, a imunização dos servidores administrativos começou após 70% dos profissionais da linha de frente serem vacinados. Ou seja, ainda faltavam 30%. Leia a íntegra da nota ao fim da coluna.

Cerco apertado

A polícia deve solicitar ao município a lista completa de vacinas recebidas do estado, a lista de vacinados e a lista atualizada de servidores. Além da Polícia Civil, o Ministério Público também tem solicitado informações à prefeitura.

“Vai faltar madeira pra caixão”

Segundo interlocutores, o prefeito de Belo Horizonte, Alexandre Kalil (PSD), disse nessa terça-feira ao governador de Minas, Romeu Zema (Novo), que se medidas drásticas não fossem tomadas ia “faltar madeira para caixão” no estado, referindo-se ao número de mortes que poderia ocorrer. Kalil ligou para Zema para cumprimentá-lo pela expansão da Onda Roxa do programa Minas Consciente, a que impõe maior restrição de atividades no estado.

Nova presidente da Fhemig

A nova presidente da Fundação Hospitalar do Estado de Minas Gerais (Fhemig) será Renata Ferreira Leles Dias, que era subsecretária de administração na Secretaria Estadual de Educação. Ela assumirá o lugar de Fábio Bacheretti, nomeado novo Secretário de Saúde de Minas após a demissão de Carlos Eduardo Amaral.

A exoneração de Amaral foi feita depois da vacinação contra covid-19 dele e de servidores administrativos da pasta. O ato que será alvo de uma CPI na Assembleia.

Leles é especialista em políticas públicas e gestão governamental e formada pela Fundação João Pinheiro. Além da pasta da Educação, ela já passou pela Secretaria de Justiça e Segurança Pública, na área de recursos humanos, e pelo Instituto de Previdência dos Servidores do Estado de Minas Gerais (Ipsemg).

Íntegra da nota da Prefeitura de Neves

A Secretaria Municipal de Saúde de Ribeirão das Neves informa que segue o Plano Nacional de Operacionalização da Vacinação Contra a Covid-19. Assim, ressalta que, seguindo todas as determinações, o prefeito Junynho Martins não foi vacinado contra a Covid-19, aguardando sua vez, como cidadão, na fila de vacinação.

Ainda, a Secretaria Municipal de Saúde informa que já foram vacinados 2.746 profissionais da Saúde no município. Esclarece que são trabalhadores dos serviços de Saúde e que todos atuam em espaços e estabelecimentos de assistência e vigilância à saúde, sejam eles hospitais, clínicas, ambulatórios, laboratórios e outros locais vinculados à Saúde. A orientação é válida também para trabalhadores de apoio que trabalham nesses locais.

Seguindo as diretrizes do Plano Nacional de Imunização (PNI), Deliberação Comissão Bipartite do SUS MG – CIB, de 9 de fevereiro de 2021, a pasta iniciou a vacinação dos profissionais que atuam internamente na Secretaria Municipal de Saúde no dia 19/02/2021, após a vacinação de 70% dos profissionais que atuam na linha de frente, respeitando os grupos prioritários da primeira fase de vacinação. Mesmo que em serviços administrativos, os servidores da saúde prestam assistência direta e indiretamente nas unidades de saúde e, em função disso, têm contato com o público. Razão pela qual Rodrigo Augusto, secretário municipal de Saúde, foi vacinado, tendo sido o único secretário a ser vacinado no município. Prezando pela transparência com a população, essas informações já haviam sido disponibilizadas no site oficial da Prefeitura de Ribeirão das Neves.

Sobre a arquiteta vacinada, informamos que ela se encaixa no perfil determinado, uma vez que ela visita frequentemente locais de saúde, como UPA, Hospital, PSF, estando em contato direto com público e potenciais portadores do vírus.

Até o momento, 5.264 pessoas já se vacinaram em Neves.

Instagram: @reporteredilenelopes
Twitter: @reporteredilene

Escreva seu comentário

Preencha seus dados

ou

    #ItatiaiaNasRedes

    RadioItatiaia

    Partida acontece nesta terça-feira (7), às 11h. No jogo de ida, times empataram por 0 a 0. #Itatiaia https://www.itatiaia.com.br/noticia/galo-x-bragantino-fazem-final-do-bras...

    Acessar Link

    RadioItatiaia

    Militares do Corpo de Bombeiros também atuam, nesta segunda-feira (6), para evitar reignição no Parque das Mangabeiras, em BH. #Itatiaia https://www.itatiaia.com.br/noticia/s...

    Acessar Link