Edilene Lopes

Coluna da Edilene Lopes

Veja todas as colunas

O que direita, esquerda e centro no Brasil esperam dos EUA 

04/11/2020 às 04:38

A expectativa e a torcida do deputado federal mineiro Cabo Junio Amaral (PSL), de acordo com ele, é a mesma do presidente Jair Bolsonaro, que é alinhado a Donald Trump. Eles esperam que o candidato republicano vença as eleições nos Estados Unidos. No entanto, se o democrata Joe Biden for o vencedor será uma surpresa, mas não será nada preocupante, apesar de ele ser “um mau candidato”, na avaliação de Cabo Junio. Perguntado sobre se a vitória do Democrata poderia alterar a relação ou os planos do governo brasileiro com os Estados Unidos, segundo Cabo Junio Amaral, Biden “não será imaturo” de romper relações com o Brasil.  Para o parlamentar mineiro, Trump foi alvo de uma campanha contrária da imprensa americana. 

Início do fim do Bolsonarismo 

Para o deputado mineiro petista, Rogério Correia, o que se espera nos Estados Unidos não é nem tanto a vitória de Biden em si, já que ele é um Democrata conservador não tão diferente dos Republicanos, mas o mais importante é a retirada de Donald Trump, que ele afirma ser um “Bolsonaro norte-americano” com “tendências facistóides, autoritárias e negacionistas, do ponto de vista da ciência”. Para Rogério Correia, a derrota da ultradireita americana terá repercussão mundial importante, inclusive no Brasil, já que Trump, segundo ele, fecha os olhos para questões ambientais e de direitos humanos e esse tipo de postura, com a derrota dele, acabará ficando isolada. Com isso, segundo ele, Bolsonaro fica isolado também. Ainda de acordo com o petista, a derrota de Trump significa o início do fim do Bolsonarismo no Brasil. 

Distencionamento ideológico 

Ouvimos também um deputado federal mineiro que se classifica como de centro. Em off, ele disse à nossa coluna que a principal preocupação dele é com o distencionamento ideológico que deve ocorrer caso Joe Biden seja eleito. Ainda de acordo com esse mesmo parlamentar, o alinhamento bilateral que o governo brasileiro promove hoje com os Estados Unidos não permanecerá, caso o republicano não seja reeleito, o que obriga o Brasil a voltar a se relacionar mais com outras nações. O deputado também aponta que a permanência dos Estados Unidos no Acordo de Paris sobre o Clima, que deve ocorrer com Biden, vai gerar impactos positivos para a preservação ambiental no Brasil. 

Placar Em Cima do Fato 

Entre Donald Trump e Joe Biden, no placar Em Cima do Fato entre direita, esquerda e centro deu Biden por 2 x 1, mas nos Estados Unidos a apuração permanece a todo vapor e a disputa é acirradíssima

As definições de palavras do dia a dia da política que citamos aqui você encontra no do ABC da Política, para consulta e compartilhamento no Instagram @reporteredilenelopes.

Escreva seu comentário

Preencha seus dados

ou

    #ItatiaiaNasRedes

    RadioItatiaia

    Na noite de sexta-feira o trânsito teve que ficar fechado por horas #itatiaia

    Acessar Link

    RadioItatiaia

    Temperatura máxima pode chegar aos 28ºC #itatiaia

    Acessar Link