Ouça a rádio

Compartilhe

Ministério Público planeja Unidade de Combate ao Crime “maior que a da Operação Lava Jato”, em BH

Ministério Público planeja Unidade de Combate ao Crime “maior que a da Operação Lava Jato”, em BH

O Prédio do Banco BMG, no bairro Santo Agostinho, foi desapropriado nesta sexta-feira (29) e passa a ser considerado de utilidade pública, conforme publicação no Diário Oficial do Estado.  O edifício de 14 andares abrigará a Unidade de Combate ao Crime (UCC), do Ministério Público de Minas Gerais (MPMG), e a estrutura “será muito maior do que aquela que houve na Operação Lava Jato”, segundo o procurador geral de justiça, Jarbas Soares Júnior.

A desocupação deve ocorrer em janeiro ou fevereiro. Em um post, nas redes sociais, o chefe do MPMG agradeceu ao governador Romeu Zema pela desapropriação e à Assembleia e aos deputados pela destinação de recursos. 

Instagram: @reporteredilenelopes

Twitter:@reporteredilene