Ouça a rádio

Compartilhe

Bancada petista pede reunião extraordinária do Congresso para discutir impactos das chuvas

Atualmente, os deputados estão em recesso parlamentar

O líder da bancada do PT na Câmara, deputado federal Reginaldo Lopes, em nome do grupo, protocolou hoje, requerimento pedindo a convocação da Comissão Representativa do Congresso Nacional, que atua nos períodos de recesso parlamentar, para debater os impactos das enchentes e inundações em todo Brasil, especialmente Bahia e Minas Gerais. No documento destinado ao presidente do Congresso, senador Rodrigo Pacheco (PSD) o deputado solicita que a Comissão discuta as medidas emergenciais que vêm adotadas pelo governo federal para enfrentar as consequências das chuvas e desastres naturais

A bancada petista cita no documento a recusa do governo federal a ajuda humanitária oferecida pela argentina para cidades da Bahia, que registraram 24 mortes com as chuvas das últimas semanas. Segundo os deputados, o parlamento precisa cumprir seu papel fiscalizatório garantindo que o governo se responsabilize pela execução de medidas que seriam adotadas pelo país vizinho, caso a ajuda tivesse sido aceita.

CPI do Apagão do Ministério da Saúde

O líder do PT na Câmara Federal, o deputado mineiro Reginaldo Lopes, o ex-ministro Alexandre Padilha e a presidente nacional no partido, Gleise Hoffman também estão colhendo assinaturas para a abertura de uma nova Comissao Parlamentar de Inquérito. A CPI do Apagão de dados  no Ministério da Saude pretende investigar o ataque hacker que deixou o Conect Sus 13 dias dias fora do ar em dezembro

Alcançadas 171 assinaturas, a mesa diretoa é obrigada a instalar imediatamente a CPI, conforme decidiu o Supremo Tribunal Federal (STF) sobre a CPI da Covid. Segundo o regimento da Câmara, tendo um terço de assinaturas, o presidente só não é obrigado a instalar a comissão se tiver mais do que 5 CPIs em funcionamento.