Edilene Lopes

Coluna da Edilene Lopes

Veja todas as colunas

Depois de rumores de que Pimentel desistiria de disputar as eleições, equipe nega

Alguns petistas tem comentado que “o melhor seria ele desistir” 

04/05/2022 às 03:43

A assessoria do ex-governador Fernando Pimentel desmentiu a informação, que circulou nos bastidores, dentro do próprio PT, de que ele poderia desistir da candidatura à deputado federal. O temor, segundo as fontes da coluna, era que ele não tivesse voto suficiente para se eleger. O que a assessoria também nega. Petistas que são aliados de Pimentel dentro do partido disseram que à Itatiaia que alguns correligionários têm dito, de fato, que seria melhor que ele não concorresse, para evitar um novo desgaste. No entanto, outros acreditam que é perfeitamente possível eleger o governador na chapa montada pela federação que conta com PT, PV e PC do B. Os cálculos dão conta de que são necessário, no máximo, 70 mil votos para conquistar uma cadeira pela federação. 

*Redes*
Com 14,5 mil seguidores no Instagram, o petista que não usava a rede social desde 8 de outubro de 2018, quando agradeceu os 2 milhões de votos que não foram suficientes para levá-lo ao segundo turno, retornou ao instagram neste ano, justamente, no dia 1º de abril, anunciando que havia sido absolvido de um processo no qual foi condenado em primeira instância em 2019. De lá para cá, tem usado as redes sociais com frequência, concedido entrevistas e alfinetado o atual governador Romeu Zema (Novo). Segundo integrantes que fizeram parte da equipe de Pimentel no governo e que ainda são próximos do ex-governador, ele está animado e não vai desistir de disputar a eleição

Escreva seu comentário

Preencha seus dados

ou