Edilene Lopes

Coluna da Edilene Lopes

Veja todas as colunas

Política

Delegação chega a Dubai com o objetivo de mostrar Minas para o mundo

13/11/2021 às 09:14

Nós saímos de Glasgow na Escócia, onde foi realizada a COP 26 - a Conferência da ONU para mudanças Climáticas e onde a temperatura média estava na casa dos 10 graus, e viemos para Dubai nos Emirados Árabes, cerca de oito horas de viagem de avião, onde a temperatura é de 30 graus. Na Escócia estávamos quatro horas a frente do Brasil, aqui estamos sete horas adiante. Então já passamos das 3 da tarde.  Aqui está sendo realizada a Expodubai, uma das maiores feiras de negócios do mundo, ocorre a cada 5 anos e dura seis meses. 

Prorrogação da COP

Eu saí da Escócia ontem, antes da COP terminar, para dar tempo de pegar toda a programação da Comitiva de Minas aqui em Dubai. E a COP ainda não terminou está na prorrogação porque ainda não há um acordo sobre as novas regras sobre a diminuição de emissão de carbono e países que produzem energia a partir de carvão mineral, por exemplo, estão sofrendo forte pressão para acelerar suas metas. A comitiva de Minas também deixou a Escócia na sexta. O presidente do senado, Rodrigo Pacheco (PSD), participou na segunda e na terça e na sequência seguiu para Lisboa para o Seminário de 25 anos da Comunidade de Língua Portuguesa e mais uma vez, em um discurso de o Brasil precisa reconhecer seus problemas, como o desmatamento ilegal, e agir para solucioná-los. 

Pacheco em Lisboa

Minas Gerais enviou uma comitiva para a COP, uma missão que teve uma participação muito efetiva, com a secretária de meio ambiente, o presidente BDMG, o presidente do INDI, o secretário geral do governo de Minas e do governador Romeu Zema, além do presidente da FIEMG, Flávio Roscoe. Do legislativo, foram enviados dois deputados estaduais, Noraldino Júnior (PSC) e Ulisses Gomes (PT). 

Presenças na Expodubai

Agora o governador, o secretário geral e o presidente da Federação das Indústrias estão em Dubai. Em um evento que terá a participação do presidente Jair Bolsonaro, do ex-presidente Michel Temer, do presidente do Sebrae, o mineiro Carlos Meles (ex-deputado federal) e o presidente da CNI, também mineiro, Robson Andrade, que estava na COP. 
Pé no futuro

A feira, que tem um pavilhão do Brasil, tem expositores do mundo inteiro e traz as principais tendências empresariais.  É como dar um passeio no futuro. O movimento de Minas Gerais é mais uma vez para atrair investimentos, fazer parcerias e mostrar Minas para o mundo. Mineiro que viaja para o exterior, quando falamos que somos do Brasil, as pessoas perguntam se somos do Rio ou de São Paulo. É isso que Minas quer mudar. O segundo maior e mais populoso estado do Brasil, precisa ser reconhecido de vez no mapa mundial como o ator importante que é para o Brasil e para o mundo.

Instagram: @reporteredilenelopes
Twitter: @reporteredilene

Escreva seu comentário

Preencha seus dados

ou

    #ItatiaiaNasRedes

    RadioItatiaia

    Entre as drogas estavam 307 quilos de maconha

    Acessar Link

    RadioItatiaia

    Negócio envolve R$ 7,5 bilhões e a aquisição de 386 unidades de varejo de autosserviço

    Acessar Link