Edilene Lopes

Coluna da Edilene Lopes

Veja todas as colunas

Com a aproximação entre Bolsonaro e Zema, candidatura de Viana ao Governo de Minas corre risco

Ao aceitar o apoio de Bolsonaro, Zema elimina a candidatura de Viana e o risco de perder votos para o senador

11/05/2022 às 08:33

O lançamento da candidatura do senador Carlos Viana (PL) ao Governo de Minas, ao invés de afastar, pode aproximar o presidente Jair Bolsonaro (PL) do governador Romeu Zema. E se essa aproximação se concretizar, a candidatura de Viana pode acabar ficando inviável. 

O desejo do presidente Jair Bolsonaro (PL), desde o início, era apoiar Zema. Sem abertura para articulação com o Novo, o presidente decidiu abraçar Viana como candidato próprio, já que o senador também se via sem espaço para uma candidatura no MDB.

No entanto, a candidatura de Viana pode retirar votos da direita de Romeu Zema e, para eliminar o concorrente antes do pleito, o governador pode aceitar o apoio de Bolsonaro. Na abertura da Expozebu, em Uberaba, em abril, Bolsonaro deixou claro que continua fazendo questão de Zema.

Caso a aliança seja fechada, Bolsonaro poderia indicar, por exemplo, um dos nomes da chapa. O PP já tem cadeira garantida, pelo que apurou a coluna, o nome é o do deputado federal Marcelo Aro (PP), que pode ser candidato ao senado ou a vice. Já Bolsonaro, tem como pré-candidato ao senado o deputado federal Marcelo Álvaro Antônio. No entanto, caso aceite o convite para liderança de governo no Senado, o senador Alexandre Silveira (PSD) poderá ser outra possibilidade de nome a ser articulado. 

Escreva seu comentário

Preencha seus dados

ou