Edilene Lopes

Coluna da Edilene Lopes

Veja todas as colunas

Cinco meses após o início do isolamento, aos poucos, quase tudo volta a funcionar, exceto as escolas

20/08/2020 às 05:22

Um dia depois da decisão do governo do Estado de incluir as academias de ginástica, clubes, escolas de atividades esportivas e agências de viagens na Onda Amarela, na qual está a maior parte das regiões de Minas, a Prefeitura de Belo Horizonte anunciou mais uma etapa da flexibilização. No entanto, ainda não abrange as academias e clubes que permanecem fechados, pelo menos por mais alguns dias, aqui na capital. Isso porque, apesar da decisão da Justiça de Minas e da recomendação do Ministério Público, Belo Horizonte, que desde o princípio vem adotando um protocolo de segurança mais rígido, não aderiu ao programa Minas Consciente e segue regras próprias. 

Na capital 

Em suma, o prefeito Kalil anunciou nesta quinta-feira que os comércios que estavam abrindo três dias na semana ficarão abertos de segunda a sexta-feira; os shoppings também poderão seguir a mesma lógica; os restaurantes e lanchonetes, com regras de distanciamento, poderão abrir das 11h às 15h para o almoço, já que quase todos os trabalhadores estão de volta ao trabalho presencial; e as praças e Lagoa da Pampulha estarão abertas novamente, de imediato. Os parques abrirão gradativamente. 

Escolas 

As escolas, tanto estaduais quanto municipais e particulares, permanecem fechadas. Embora o governo não tenha dado nenhuma declaração oficial sobre isso, adiantamos aqui na coluna Em Cima do Fato que o estado vai avaliar o retorno presencial para outubro, mas ainda não há nada definido. A PBH não trabalha com nenhuma data, nem oferta de aulas online. Hoje, o prefeito afirmou que segue a orientação da Universidade de Harvard, segundo a qual as crianças são os principais vetores de coronavírus. O estado prorrogou as teleaulas até dezembro, conforme também informamos em primeira mão. 

Governo x PBH

Embora anúncios de flexibilização importantes tenham sido feitos na sequência, nessa quarta-feira (19), o governo de Minas atendeu ao pedido da Associação Mineira de Municípios (AMM) e hoje a PBH anunciou mais uma etapa do programa de reabertura, ambos estavam com ações já previstas. A coletiva na prefeitura estava agendada desde o final da semana passada e o pedido da AMM também já estava na pauta do Minas Consciente para ser avaliado nesta semana, o que ocorreu. As academias e clubes já poderão funcionar a partir de sábado, conforme a Itatiaia informou em primeiríssima mão. 

Próximo passo 

Na semana que vem, o estado termina o levantamento sobre a inclusão de leitos privados na conta global de leitos, o que pode liberar cidades de regiões que estão na Onda Vermelha, a mais restritiva, como a central, para abertura de mais atividades, o que, na prática, já tem ocorrido. Hoje, Minas tem 533 das 853 cidades no Minas Consciente, nove macrorregiões na Onda Amarela, cinco na Vermelha e nenhuma na Onda Verde, que é a mais abrangente. Mas com tantas exceções e concessões, a Onda Verde já está esvaziada, ainda mais com a abertura de academias e clubes, de fora mesmo, agora, praticamente, só as escolas. 

*As definições de palavras do dia a dia da política que citamos aqui você encontra no do ABC da Política, para consulta e compartilhamento, no Instagram @reporteredilenelopes.

Escreva seu comentário

Preencha seus dados

ou

    #ItatiaiaNasRedes

    RadioItatiaia

    😷 Apesar da queda, dois dos três índices permanecem no vermelho #Itatiaia https://www.itatiaia.com.br/noticia/covid-19-todos-os-indices-que-monitoram-a-pandemia-registram-q...

    Acessar Link

    RadioItatiaia

    Atenção! Trinta e cinco centros de internação pediátrica serão abertos na capital nesta quinta-feira (27) #Itatiaia https://www.itatiaia.com.br/noticia/kalil-anuncia-abertur...

    Acessar Link