Edilene Lopes

Coluna da Edilene Lopes

Veja todas as colunas

Assessor afirma que Minas Gerais estuda produção de vacina via oral contra a covid-19

21/08/2020 às 04:12
Ouça na Íntegra
00:00 00:00

Embora não tenha nada oficialmente confirmado pelo governo, Minas Gerais pode começar a produzir e testar vacina via oral (gotinha) em parceria com Israel, segundo João Vitor Fonseca, assessor técnico de Projetos Especiais e Inovação da vice-governadoria do Estado de Minas Gerais. A informação foi postada por ele no LinkedIn, rede social de negócios em que os membros postam currículos e informações profissionais, e causou um alvoroço.

A coluna Em Cima do Fato teve acesso ao post em que o funcionário da equipe do vice-governador, Paulo Brant, afirma que a vacina é uma evolução de estudo de 4 anos para o vírus da Bronquite Infecciosa das Galinhas (BIG). De acordo com ele, a vacina, através de poucas gotas, libera proteínas que penetram na mucosa e geram imunidade. Segundo ele, está provado que a vacina produz altos níveis de anticorpos específicos contra a BIG, que é um vírus similar ao que provoca a covid-19. Veja os prints no fim do texto!

No título do texto, ele afirma que Minas vai começar a testar e produzir a vacina, mas não informa a data nem se o produto contra o novo coronavírus já está pronto para testes.

Secretaria não confirma

Apesar de a informação ter sido postada nas redes sociais pessoais do assessor, a Secretaria Estadual de Saúde e a assessoria do Governo de Minas ainda não confirmam.

Bastidores

Nos bastidores, apuramos que a equipe do vice-governador tem contatos e boas relações com o governo de Israel, que essa possibilidade existe, mas que o governo de Minas articula e desenvolve vários outros trabalhos em parceria com diversas instituições em busca de uma vacina eficaz contra a covid-19 e há conversas mais avançadas que a de Israel. Também nos bastidores, apuramos que um protocolo de intenções deve ser assinado ainda neste mês entre o governo de Minas e o de Israel e que o anúncio seria feito pelo governador Romeu Zema.

Precipitado

Uma das fontes da Itatiaia no governo disse que é precipitado afirmar, no momento, que Minas Gerais vai produzir e testar uma vacina de gotinha contra a covid-19 e que, por enquanto, não há nada concreto sobre a produção. Fato é que o relacionamento com o governo de Israel e o projeto de produzir uma vacina em conjunto existem, só não se sabe qual é o estágio de desenvolvimento e se outra novidade pode surgir antes dessa. Nós entramos em contato com João Vitor Fonseca, Especialista em Políticas Públicas e Gestão, servidor de carreira do estado, com passagem acadêmica até por Harvard, segundo currículo disponível na rede social, e ele respondeu que não irá falar publicamente sobre o assunto.

*As definições de palavras do dia a dia da política que citamos aqui você encontra no do ABC da Política, para consulta e compartilhamento, no Instagram @reporteredilenelopes.

 

 

Escreva seu comentário

Preencha seus dados

ou

    #ItatiaiaNasRedes

    RadioItatiaia

    O prêmio de R$ 1,5 milhão não é reajustado há 12 anos pelo programa

    Acessar Link

    RadioItatiaia

    Operações foram interrompidas devido às fortes chuvas que atingiram o Estado nas últimas semanas

    Acessar Link