Edilene Lopes

Coluna da Edilene Lopes

Veja todas as colunas

Política

Almoço com empresários, recepção de militantes, vacina e metrô: bastidores de Bolsonaro em BH

30/09/2021 às 10:26

O presidente Jair Bolsonaro resolveu estender a agenda em Belo Horizonte. Conforme a Itatiaia adiantou ontem à noite, ele aceitou o convite do presidente da Federação das Indústrias de Minas Gerais (FIEMG), Flávio Roscoe, e vai almoçar com empresários. O governador Romeu Zema também estará na agenda.

Desenvolvimento

Bolsonaro está acompanhado do Ministro do Desenvolvimento, Rogério Marinho. Aliás, as negociações sobre o metrô de BH não estão na pasta da infraestrutura, como seria o mais comum, e sim na pasta do desenvolvimento. O ministro da Infraestrutura, Tarcísio de Freitas, de acordo com informação da equipe dele, não estará no almoço.

Candidatos
Aliás, tanto o ministro da infraestrutura, quanto o do desenvolvimento, tem acompanhando sempre o presidente e os dois devem ser candidatos em 2022. Tarcísio pode tentar o governo de São Paulo ou o senado. Marinho deve ser candidato ao senado pelo Rio Grande do Norte.

Empresários

Participam do encontro, às 13h, lideranças industriais mineiras de vários segmentos, para debater investimentos no Estado, infraestrutura e projetos que possam ampliar o setor produtivo mineiro. Os empresários querem apresentar as propostas, as reivindicações e entender os planos do governo federal para Minas.

Cidade Administrativo

As 10h30, conforme nós adiantamos na semana passada, Bolsonaro além de anunciar o Centro Nacional de Vacinas, vai sancionar o projeto de lei que libera 2,8 bilhões para sanear dividas do metrô de BH. Resta saber se ele atenderá ao pedido do diretor do senado e investir 1,8 bilhão na modernização da linha um e ampliação da linha 2, antes de conceder à iniciativa privada.

Apoiadores do presidente vão cobrar que ele participe de motorista em BH

É a terceira vez em um mês que o presidente visita o Estado. Em 31 de agosto ele esteve em Uberlândia. Semana retrasada em Arinos e, agora, em BH. Bolsonaro tem dito, nos últimos dias, que considera ter um vice mineiro. Minas é o segundo maior colégio eleitoral do Brasil.

Instagram: @reporteredilenelopes
Twitter:@reporteredilene

Escreva seu comentário

Preencha seus dados

ou

    #ItatiaiaNasRedes

    RadioItatiaia

    O prêmio de R$ 1,5 milhão não é reajustado há 12 anos pelo programa

    Acessar Link

    RadioItatiaia

    Operações foram interrompidas devido às fortes chuvas que atingiram o Estado nas últimas semanas

    Acessar Link