Ouvindo...

Times

Fundação Procafé lança nova cultivar do grão em Dia de Campo, em Varginha

Evento reuniu mais de 2,5 mil pessoas na Fazenda Experimental da Fundação

Pesquisadores da Fundação Procafé, aproveitaram os Dias de Campo realizados em sua Fazenda Experimental da Procafé em Varginha, na semana passada, para lançar uma nova cultivar, a Siriema, que é mais resistente ao Bicho Mineiro - uma das principais pragas da cafeicultura - e também mais tolerante à escassez hídrica. Os pesquisadores também apresentaram resultados de adubação para lavouras em sistemas de podas.

Outra novidade apresentada no evento foi o ‘Burrinho mecânico’, espécie de arado próprio para regiões montanhosas com objetivo de reduzir custos e aumentar sua rentabilidade, facilitando os tratos culturais. O equipamento é feito pela Procafé, mas também há empresas que fabricam.

Além dos lançamentos, explicações diversas sobre manejos da colheita, trato com as lavouras, adubação e muitas outras técnicas e tecnologias envolvendo o setor cafeeiro fizeram parte da programação.

“Vamos seguir contribuindo com difusão de conhecimento, técnicas e tecnologias cafeeiras para o progresso de nossos cafeicultores, pois na cafeicultura não há mais espaço para o amadorismo”, disse o superintendente Executivo da Fundação Procafé, João Marcelo Oliveira de Aguiar.

Três toneladas de alimentos foram arrecadados

O evento reuniu mais de 2,5 mil pessoas, entre estudantes produtores, técnicos, engenheiros agrônomos e estudantes. Mais de 3 toneladas de alimentos não perecíveis foram doados em prol das vítimas das enchentes no Rio Grande do Sul.

Representante do Sistema Faemg Senar e diretor do Centro de Excelência em Cafeicultura, Roberto Romanelli Barata, também reforçou a importância da pesquisa para o negócio café, mas ressaltou que essa não teria importância se não chegasse ao produtor e a seus colaboradores.

“Eventos como este, promovem a integração entre o conhecimento e quem precisa se beneficiar dele. Se precisamos de cada vez mais profissionalização no campo, também precisamos capacitar as pessoas que estão lá, com as suas mãos na atividade, fazendo as coisas acontecerem”, afirmou.

“Tudo é muito importante para nós que buscamos a melhoria na nossa atividade e mais praticidade no manejo das nossas lavouras. O resultado sempre vem”, disse o produtor Antonio Zanatelli, que utiliza as técnicas de manejo demonstradas nos Dias de Campo da Procafé e recentemente teve seu café premiado em um concurso de qualidade.

Leia também


Participe dos canais da Itatiaia:

Maria Teresa Leal é jornalista, pós-graduada em Gestão Estratégica da Comunicação pela PUC Minas. Trabalhou nos jornais ‘Hoje em Dia’ e ‘O Tempo’ e foi analista de comunicação na Federação da Agricultura e Pecuária de MG.



Leia mais