Gustavo Lopes

Coluna do Gustavo Lopes

Veja todas as colunas

O rugido do Leão

28/11/2020 às 06:50
O rugido do Leão

Nesta semana, o Villa Nova de Nova Lima, onde nasceu a Itatiaia e este colunista, encerrou a sua temporada com uma vitória fora de casa contra o Palmas, no Tocantins. Apesar da vitória, o Villa ficou em penúltimo lugar em sua chave e não se classificou para a próxima fase da Série D.
Conhecido como Leão do Bonfim (bairro onde manda seus jogos), o Villa Nova teve uma das piores temporadas de sua história, eis que foi rebaixado para o Módulo 2 do Campeonato Mineiro, que equivale à segunda divisão.

Fundado em 1908, o Villa Nova é o clube mais vitorioso do interior de Minas Gerais. O clube alvirrubro foi o primeiro do interior a conquistar uma competição nacional, a Série B de 1971, ao derrotar o Clube do Remo na final. Neste mesmo ano, o clube mineiro conquistou o Torneio Centro Sul. O Villa Nova possui, ainda, cinco Campeonatos Mineiros e duas taças Minas Gerais.

Maior torcida do interior de Minas Gerais, o leão do Bonfim possui uma cidade inteira apaixonada.

Inclusive, o maior público da história do Mineirão se deu em uma partida entre Villa e Cruzeiro pela final do Campeonato Mineiro de 1997.

Uma marca gigante que infelizmente não tem conseguido resultados desportivos de expressão, em 2021, pela segunda vez desde 1936, não disputará a divisão principal do Mineiro.

Mas o Villa não está morto, pelo contrário, a força de sua história e de sua torcida levarão o clube de volta à divisão principal do futebol mineiro.

O Leão do Bonfim tem caixa para mais. Uma gestão profissional pode levar a equipe às divisões principais do futebol nacional.

Um bom programa sócio-torcedor é capaz de unir a cidade e proporcionar excelente fonte de renda. Para se ter uma ideia, em 2019, o Spartano Futebol Clube, equipe amadora da cidade de Rodeiro (MG) com muito menos tornou-se, em 2019, o quarto time brasileiro com maior número de sócios-torcedores (atrás apenas dos 3 grandes da Capital).

Outra medida interessante é a implementação do “customer experience”, ou seja, implementar medidas de interação com o torcedor de forma a encantá-lo, fidelizá-lo e transforma-lo em cliente.

A marca do Villa é capaz de cooptar bons patrocinadores e até mesmo recursos públicos do município.

No que tange às dívidas trabalhistas, um regime centralizado de execuções nos moldes do Provimento 1/2018, do TST, semelhante ao realizado pelo Flamengo, permitirá a quitação dos débitos sem que o clube seja inviabilizado.

Enfim, há muitas medidas, mas, seguramente, o rugido do Leão ainda será ouvido de forma cada vez mais firme e voraz.
 

Escreva seu comentário

Preencha seus dados

ou

    #ItatiaiaNasRedes

    RadioItatiaia

    Padre Paulo Roberto Marques morreu afogado após cair no poço da Cachoeira Lavadeiras, no distrito de Curimataí, em Buenópolis. #Itatiaia

    Acessar Link

    RadioItatiaia

    Mais de 87 mil doses do imunizante desembarcam nesta tarde no Aeroporto Internacional de Belo Horizonte, em Confins. #Itatiaia

    Acessar Link