NOTÍCIAS

Salum revela no Troféu Guará BMG conversa com Lisca Doido sobre temperamento

O presidente do América, Marcus Salum, recebeu na noite desta quinta-feira o prêmio de dirigente do ano no 57º Troféu Guará BMG. Ele revelou à Itatiaia uma conversa que teve com o novo técnico alviverde, Lisca Doido, anunciado mais cedo.

“Eu observo o Lisca há muito tempo, acho ele um treinador fora da curva em termos de qualidade e de conhecimento. Acho que o Lisca cometeu alguns erros ao longo da carreira fora de campo, em alguns excessos. Sou admirador do trabalho dele dentro de campo. Combinei com ele que o destempero que às vezes ele tem não pode ter no América porque nós vamos fazer um belíssimo trabalho juntos”, afirmou.

Salum explicou o projeto do time alviverde. “No primeiro semestre, pontualmente melhoramos no que não estávamos bem no ano passado, mantivemos a base e vamos dar um pouco mais de chance à turma jovem. No segundo semestre haverá algumas pinceladas para melhorar o elenco porque o nosso grande objetivo é a subida e não podemos deixar escapar neste ano”, comentou.

Apesar da premiação, o dirigente ponderou que se cobra muito. “É sempre bom a boa avaliação, mas a minha é muito dura. Eu sofro mais com a minha”, declarou.

MAIS NOTÍCIAS