NOTÍCIAS

Craque do ano no Troféu Guará BMG, meia Cazares deixa futuro em aberto

Cazares não sabe se vai ou se fica. O meia do Atlético recebeu na noite desta quinta-feira os prêmios por ser um dos meias e o craque do ano e de meia no 57º Troféu Guará BMG. À Itatiaia, o jogador, que recebeu uma proposta do Al-Ain, da Arábia Saudita, afirmou estar com o futuro indefinido.

“Não sei [se vai sair], tem muitas coisas pela frente. Estou deixando nas mãos de Deus. Ainda tenho contrato com o Atlético, estou treinando. Eu tenho dois filhos aqui em BH. O desejo de ficar é por eles, mas, se for para sair, é para dar uma vida muito melhor a meus filhos”, disse.

Mesmo com o equatoriano tendo contrato somente até o fim deste ano, quando deixará o clube gratuitamente, a diretoria alvinegra deu mostras de que recusaria os 2,8 milhões de dólares (R$ 11,7 milhões) oferecidos pelo clube árabe.

De acordo com o repórter Emerson Pancieri, da Itatiaia, o Galo quer 4 milhões de euros (R$ 18,5 milhões) para negociar o jogador. Caso não chegue uma proposta neste valor, o atleta terá que cumprir o contrato e ficará à disposição do técnico Rafael Dudamel para o restante da temporada.

Fontes que participaram da negociação revelaram a Pancieri que o Atlético achou o valor baixo porque o clube tem 70% dos direitos econômicos do meia. Além disso, há ainda o pagamento da comissão, o que diminuiria ainda mais o montante a ser recebido pelo Galo na transação.

O equatoriano comemorou a premiação, mas reconheceu que o time alvinegro teve uma temporada abaixo do esperado. “A gente tentou fazer o melhor ano passado, mas não conseguimos os objetivos que tínhamos em mente, mas estou muito feliz em ser escolhido. Eu trabalho muito para que essas coisas aconteçam”, declarou.

MAIS NOTÍCIAS