Notícias

Zema diz que regularizar salários dos servidores é prioridade com recursos da Lei Kandir

Por Redação, 03/08/2019 às 14:03
atualizado em: 03/08/2019 às 14:27

Texto:

Foto: Gil Leonardi
Gil Leonardi

Em entrevista coletiva neste sábado, o governador de Minas, Romeu Zema (Novo), disse que se os recursos relacionados à Lei Kandir vierem para o estado, será prioridade o pagamento integral dos salários dos servidores públicos. O chefe do Executivo estadual está em Sete Lagoas, na Região Central, onde participou do lançamento da pedra fundamental, da cervejaria Ambev.

Na segunda-feira (5), o governador e o presidente da Assembleia Legislativa de Minas Gerais (ALMG), Agostinho Patrus (PV), vão a Brasília para uma audiência no Supremo Tribunal Federal (STF) em que cobrarão do governo federal os recursos da Lei Kandir, por causa da isenção do ICMS e de produtos de exportação, como o minério. A dívida é de aproximadamente R$ 135 bilhões.

“A prioridade é melhorar a escala de pagamento. Nós ainda temos funcionários públicos que não receberam o décimo terceiro. Temos funcionários públicos recebendo parcelado. A prioridade é com aquelas pessoas que precisam ter os compromissos regularizados. Tem pessoas que pagam o financiamento da casa própria, e com esse desarranjo do estado, acabam tendo uma dificuldade grande”, destaca.

Escreva seu comentário

Preencha seus dados

ou

    #ItatiaiaNasRedes

    RadioItatiaia

    Bolsonaro provoca presidente da OAB: 'Posso contar como o pai dele desapareceu' https://t.co/VL1QAuI1sI https://t.co/uO2itrIBJh

    Acessar Link

    RadioItatiaia

    'Eu estou levando minha revolta para um lado de injustiça, eu preciso de uma resposta. Eu guardei tudo no quarto do bebê. Essa dor parece que não vai passar', completa.

    Acessar Link

    RadioItatiaia

    O caso foi revelado em primeira mão pela rádio Itatiaia e repercute nacionalmente.

    Acessar Link