Eleições 2018 - Internas

Notícias

William Waack é afastado da Globo após ser acusado de racismo em vídeo vazado

Por Redação, 09/11/2017 às 02:39

Texto:

A TV Globo anunciou na noite desta quarta-feira o afastamento de William Waack do ‘Jornal da Globo’. O jornalista e apresentador foi acusado de racismo nas redes sociais depois do vazamento de um vídeo em que ele se irrita com uma buzina de automóvel que atrapalha a gravação e comenta em voz baixa com o entrevistado no estúdio algo parecido com “é preto, é coisa de preto”.

O fato ocorreu durante uma entrada ao vivo na cobertura das eleições para a presidência dos Estados Unidos, no ano passado. Ao se sentir incomodado com a buzina, Waack disparou contra o motorista: “Está buzinando por que, seu m... do c...? Não vou nem falar, que eu sem quem é. Sabe quem é, né?”, diz o jornalista ao convidado em tom de voz normal. Logo depois, ele continua o comentário, mas desta vez cochichando o que seria: “é preto, é coisa de preto”.

Com a repercussão negativa nas redes sociais – o nome de William Waack figurou nos assuntos mais comentados do Twitter durante boa parte da tarde – a Globo decidiu emitir uma nota à noite comunicando o afastamento do jornalista. 

“A Globo é visceralmente contra o racismo em todas as suas formas e manifestações. Nenhuma circunstância pode servir de atenuante. Diante disso, a Globo está afastando o apresentador William Waack de suas funções em decorrência do vídeo que passou hoje a circular na internet, até que a situação esteja esclarecida”, diz o texto.

No comunicado, a emissora diz que o jornalista alegou não se lembrar do comentário, mas pediu desculpas. “Waack afirma não se lembrar do que disse, já que o áudio não tem clareza, mas pede sinceras desculpas àqueles que se sentiram ultrajados pela situação.”

A edição desta quarta-feira do 'Jornal da Globo' foi apresentada pela jornalista Renata Lo Prete.

Confira a íntegra da nota divulgada no portal G1, das organizações Globo:

A Globo é visceralmente contra o racismo em todas as suas formas e manifestações. Nenhuma circunstância pode servir de atenuante. Diante disso, a Globo está afastando o apresentador William Waack de suas funções em decorrência do vídeo que passou hoje a circular na internet, até que a situação esteja esclarecida.

Nele, minutos antes de ir ao ar num vivo durante a cobertura das eleições americanas do ano passado, alguém na rua dispara a buzina e, Waack, contrariado, faz comentários, ao que tudo indica, de cunho racista. Waack afirma não se lembrar do que disse, já que o áudio não tem clareza, mas pede sinceras desculpas àqueles que se sentiram ultrajados pela situação.

William Waack é um dos mais respeitados profissionais brasileiros, com um extenso currículo de serviços ao jornalismo. A Globo, a partir de amanhã, iniciará conversas com ele para decidir como se desenrolarão os próximos passos.

Escreva seu comentário

Preencha seus wdados

ou

    #ItatiaiaNasRedes

    RadioItatiaia

    Aos 99, morre norueguês que frustrou plano nuclear de Hitler na Segunda Guerra Mundial. Leia:… https://t.co/of1k5PKny2

    Acessar Link

    RadioItatiaia

    Família acredita que houve alguma irregularidade no tratamento pós-cirúrgico feito na clínica de Belo Horizonte.

    Acessar Link

    RadioItatiaia

    Maquinista percebeu fez de tudo para parar o trem, mas não conseguiu.

    Acessar Link