PMC - Maxi 970 x 150

Notícias

CFM alerta médicos sobre a obrigação do RQE para divulgação de médicos especialistas

Por Publieditorial, 10/10/2019 às 15:39
atualizado em: 14/10/2019 às 10:16

Texto:

Foto: Divulgação
Divulgação

O Conselho Federal de Medicina instrui a todos os médicos que se divulgam como especialistas informar o número do Registro de Qualificação de Especialidade (RQE) junto com o número do CRM. Isso é exigência do CFM. O descumprimento pode até ser razão para a perda do registro de médico.

Por implicar em resoluções tão graves, essa questão merece uma atenção especial. Informar aos médicos o fato é também algo muito importante, pois a desinformação não é aceita pelo CFM como motivo para descumprimento do Código de Ética Médica.

As exigências para atuar como médico especialista

Veja o que afirma o CFM  em seu site  com referência à exigência de citar o número do RQE junto ao número do CRM:

É vedado ao médico: “deixar de incluir, em anúncios profissionais de qualquer ordem, seu nome, seu número no Conselho Regional de Medicina, com o estado da Federação no qual foi inscrito e Registro de Qualificação de Especialista (RQE) quando anunciar a especialidade”.

Fica muito claro: médicos não podem, de forma alguma, divulgar que são especialistas em um campo médico se não tiverem o título de especialista (RQE). Não podem divulgar nem mesmo, por exemplo: Endocrinologia, Endócrino, Pós-doutorado em endocrinologia, se não possuem o RQE. Essas informações não devem ser citadas em jalecos, carimbos, receituários, nem mesmo aos pacientes, caso não tenhamos o RQE. 

O caminho é realizar uma residência na área da especialidade desejada ou se preparar para a prova a prova de título de especialista, realizada pela Associação Médica Brasileira – Conselho Federal de Medicina.

Nós médicos, somos sim capazes de superar este desafio. Já temos com muito orgulho, empenho e dedicação, nosso CRM. Agora é hora de obter o RQE. Sem ele não há como ficar, não mesmo! Investir em nós mesmos e em nossa qualificação faz parte do dever de garantir a preservação de nossa carreira. Ter consciência da nossa capacidade de superação, nos ajuda a sermos mais resilientes no dia a dia da profissão. Não é hora de esmorecer, desanimar. Após a obtenção do RQE, a vida profissional se tornará muito mais viável. Dessa forma, não é preciso temer a denúncia. Até porque, uma só denúncia pode gerar processo ético administrativo profissional junto ao CRM, processo cível e criminal, além de possível escândalo com a imprensa. 

Colega médico, obtenha seu título de especialista (RQE) com a AproMed!

Na AproMed | Ética e Profissionalismo – instituição de ensino médico especializada em cursos preparatórios para a prova de título de especialista, presente em BH, SP, RJ, DF e Recife – somos mais de 70 professores mestres ou doutores empenhados no sucesso dos colegas médicos.  Oferecemos cursos para as provas de Dermatologia, Psiquiatria, Cardiologia, Endocrinologia e Gastroenterologia e oferecemos também a exclusiva Tríade de Diamantes AproMed, que conta com aulas presenciais, aulas gravadas e mentoria diária de professores. Acreditamos na nossa metodologia diferenciada e no seu potencial, assim, desenvolvemos o Compromisso de Ouro AproMed: Aprovamos OU Devolvemos, onde 50% do valor do curso é devolvido em forma de bolsa de estudos caso o aluno médico não seja aprovado.

Conheça a AproMed e conquiste o seu título de especialista! 

Saiba mais: apromed.com.br | 0800 941 7250 | WhatsApp (31) 99672-0825.


Escreva seu comentário

Preencha seus dados

ou

    #ItatiaiaNasRedes

    RadioItatiaia

    'Eu estou levando minha revolta para um lado de injustiça, eu preciso de uma resposta. Eu guardei tudo no quarto do bebê. Essa dor parece que não vai passar', completa.

    Acessar Link

    RadioItatiaia

    O caso foi revelado em primeira mão pela rádio Itatiaia e repercute nacionalmente.

    Acessar Link