Unimed Ago-Set Maxi Internas CPM

Notícias

Vice-presidente do Atlético diz que multa do ‘caso Fred’ já está em quase R$ 12 milhões

Por Redação, 11/02/2019 às 16:56
atualizado em: 11/02/2019 às 17:12

Texto:

Foto: Vinnicius Silva/Cruzeiro E.C.
Vinnicius Silva/Cruzeiro E.C.

Pouco mais de um ano após a polêmica transferência para o Cruzeiro, no fim de dezembro de 2017, a disputa judicial entre Atlético e Fred segue na justiça desportiva. Enquanto a decisão definitiva não sai, o valor da multa, inicialmente estipulada em R$ 10 milhões, já está em quase R$ 12 milhões devido aos juros e correção monetária. 

A informação foi passada nesta segunda-feira pelo vice-presidente do Atlético, Lásaro Cândido da Cunha, em vídeo publicado em seu canal no Youtube intitulado "Direito e Futebol". O dirigente alvinegro relembrou todo o processo do caso, desde a decisão pelo acordo de rescisão amigável entre Atlético e Fred até o estágio atual da batalha judicial, e citou o aumento no valor da multa.

“A Câmara Arbitral processou e chegou à conclusão da validade plena e inquestionável da multa de R$ 10 milhões, que hoje está em quase R$ 12 milhões porque tem juros e correção monetária”, disse Lásaro.

“No fim do ano (2018), a Câmara Arbitral deu uma decisão favorável ao Atlético, respeitando o que está no contrato, e condenando o Fred ao pagamento da multa corrigida monetariamente”, completou.

Em julgamento no dia 11 de dezembro de 2018, a Câmara Nacional da Resolução de Disputas (CNRD) da CBF deu razão ao clube alvinegro e estipulou que o jogador terá que pagar a multa por ter assinado contrato com o Cruzeiro um dia após rescindir com o Atlético.

De acordo com o Atlético, a CNRD determinou que a multa de R$ 10 milhões deve ser paga corrigida por juros, a contar de janeiro deste ano, e acrescida em 5% para cobrir os custos dos honorários advocatícios. Em entrevista à Itatiaia na época, o advogado Flávio Zveiter, que defendeu o clube alvinegro, afirmou ainda que caso Fred não deposite o dinheiro, haverá a incidência de juros de 1% ao mês sobre o valor.

No entanto, a decisão da CNRD não foi definitiva e coube recurso por parte da defesa de Fred e do Cruzeiro, que entrou no caso para prestar assistência e não como réu. 

O recurso foi feito no Centro Brasileiro de Mediação e Arbitragem (CBMA), órgão independente da CBF. Ao entrar com o recurso, o efeito suspensivo é concedido e se começa uma nova etapa do processo. Até novo julgamento, Fred fica livre do pagamento da multa.

“O jogador ingressou com embargos declaratórios, que é um tipo de esclarecimento. Mas não tem que esclarecer nada, na verdade ele está é protelando. É uma sentença que tem 52 laudas (páginas) com muita clareza. Então, esperamos que esses embargos sejam julgados logo para que o processo volte a fluir normalmente e, em um eventual recurso, isso seja confirmado para que o Atlético possa executar essa multa”, observou o vice-presidente atleticano.

Confira o vídeo do vice-presidente do Atlético falando sobre o 'caso Fred':

Escreva seu comentário

Preencha seus dados

ou

    #ItatiaiaNasRedes

    RadioItatiaia

    Bolsonaro provoca presidente da OAB: 'Posso contar como o pai dele desapareceu' https://t.co/VL1QAuI1sI https://t.co/uO2itrIBJh

    Acessar Link

    RadioItatiaia

    Departamento de Estado do país norte-americano alegou que “após uma cuidadosa análise da demanda de vistos e da capacidade dos serviços consulares já oferecidos em todo o Bras...

    Acessar Link

    RadioItatiaia

    ⚽🌲Gigante da Pampulha recebeu luzes verdes nesta quinta-feira para apoiar a preservação ambiental

    Acessar Link