Notícias

Vacinação e higiene previnem meningite; doença já matou dez pessoas em MG neste ano

Por Jacqueline Moura/Itatiaia, 01/04/2019 às 09:21
atualizado em: 01/04/2019 às 09:22

Texto:

Foto: Agência EBC
Agência EBC

Minas Gerais já registrou, somente em 2019, dez mortes por meningite e 76 casos confirmados da doença, de acordo com dados da Secretaria de Estado da Saúde. A meningite é a inflamação de membranas, chamadas meninges, que envolvem o cérebro e a medula espinhal. Pode ser causada por bactérias, vírus, fungos e parasitas. Em caso de contaminação por vírus, a transmissão se dá pela saliva ou pelas fezes. Já na transmissão por bactérias, o contágio ocorre de pessoa para pessoa pelo contato com a saliva. 

A meningite bacteriana é mais comum no inverno e, as causadas por vírus, são mais recorrentes no verão, mas é importante destacar que casos da doença aparecem durante todo o ano e, quando diagnosticada no início, o tratamento é eficaz e as chances de cura são elevadas.

Prevenção

Segundo a Secretaria de Estado da Saúde, várias vacinas que protegem contra múltiplos tipos de meningite são disponibilizadas no calendário de vacinação do Sistema Único de Saúde (SUS), como por exemplo, a BCG, Tríplice Viral, Pentavalente, meningocócica C conjugada e vacinas pneumocócicas conjugadas. Todas essas vacinas podem ser encontradas nos postos de saúde. Já a vacina contra a meningite B, causada pelo meningococo B, só pode ser encontrada na rede particular. 

Segundo a Referência Técnica em Meningites da Secretaria de Saúde, Fernanda Barbosa, a orientação é que todos aqueles grupos etários do calendário básico de vacinação de rotina se vacinem, atualizando sua situação vacinal. “Para crianças menores de 02 anos, a vacina contra a Meningite Meningocócica C e contra o Pneumococo são ofertadas na rotina em três doses. Para adolescentes entre 11 e 14 anos, a vacina contra a Meningite Meningocócica C é ofertada na rotina como reforço em dose única”.

Além de manter o calendário de vacinação em dia, medidas simples podem evitar a doença: lavar as mãos frequentemente com água e sabão, ou produtos à base de álcool gel. Evitar compartilhar alimentos, bebidas, pratos, copos e talheres também é uma forma de  prevenção da doença. 

Sintomas

Os sintomas de meningite são febre, dor de cabeça, rigidez ou dor no pescoço, náuseas e vômitos. Confusão, sonolência e dificuldade para acordar podem também são sinais importantes. Manchas vermelhas ou roxas, pequenas ou grandes, na pele, são sintomas da forma mais grave da doença, conhecida como meningococcemia.

Escreva seu comentário

Preencha seus dados

ou

    #ItatiaiaNasRedes

    RadioItatiaia

    Goleiro Bruno Fernandes deixa prisão em Varginha e vai para o regime semiaberto domiciliar: https://t.co/FTL8ueJqQU https://t.co/lrbBBhrago

    Acessar Link

    RadioItatiaia

    Ele deverá trabalhar durante o dia e retornar para casa à noite. Bruno também está proibido de sair de casa entre 20h e 6h, além de frequentar bares e boates.

    Acessar Link

    RadioItatiaia

    ⚽Desgaste causado pelo clássico na última quarta (17) contra o Cruzeiro, que eliminou o clube da Copa do Brasil, é o que mais preocupa Rodrigo Santana para escalar os melhores...

    Acessar Link