350 Dias para Copa

Notícias

Suspeito de furtar escritório de advocacia em Belo Horizonte, homem é preso pela 59ª vez

Por Redação , 19/05/2017 às 17:30
atualizado em: 19/05/2017 às 17:35

Texto:

Ouça na Íntegra
00:00 00:00
Foto: Ana Cecília Carneiro/Itatiaia
Ana Cecília Carneiro/Itatiaia

Ficar algemado já é hábito para Naidson Martins Modesto, de 39 anos, preso nesta sexta-feira suspeito de furtar um escritório de advocacia na Região Central de Belo Horizonte. Agora, ele acumula 59 detenções no currículo.

O major Sérgio, da 124ª Companhia do 22º Batalhão, relata que Naidson se apresentou como office boy na portaria do prédio e disse que entregaria um envelope em uma das salas.

"No 19º andar, ele foi surpreendido pelo advogado, que é proprietário da sala, mexendo em seus objetos. O advogado notou a falta de R$ 750 em sua carteira. Esse indivíduo, num primeiro momento se passou por mudo. Depois, ficou gago e tentando se esquivar", diz.

Conforme o policial, o suspeito desceu rapidamente as escadas, mas o advogado acionou os porteiros, que detiveram Naidson. "Com a nossa chegada, ele conversou normalmente, falou que estava ali por engano e negou toda a participação." Naidson teria dispensado o dinheiro no fosso do elevador.

A vasta ficha criminal do suspeito foi descrita pelo militar. "Ele possui 20 inquéritos em andamento e tem 58 boletins de ocorrência. Dentre os artigos que ele tem há roubo, furto, lesão corporal, uso de droga, dentre outros", contou.

Naidson não quis dar sua versão à reportagem.

Escreva seu comentário

Preencha seus wdados

ou

    #ItatiaiaNasRedes

    RadioItatiaia

    Alisson, Thiago Neves e Ariel Cabral receberam pancadas ontem e serão reavaliados. Mas não devem ser problema pro clássico contra o Atlético

    Acessar Link

    RadioItatiaia

    Daqui a pouco, diretor de futebol do @americamg confirma na Itatiaia, a saída de Gustavo Blanco. (Por… https://t.co/Q8bmkoXZbD

    Acessar Link

    RadioItatiaia

    Pela portaria assinada pelo ministro José Sarney Filho, será preciso aprovar um determinado número de licenças para que as metas de gratificação sejam atingidas.

    Acessar Link

    RadioItatiaia

    "Se quando eu sair não arrumar emprego, porque se meu filho pedir um prato de comida, infelizmente, vou ter que roubar, matar e fazer o que for necessário", avisa.

    Acessar Link