Notícias

Suécia encerra investigação criminal contra Julian Assange, fundador do WikiLeaks

Por Agência Estado , 19/05/2017 às 09:50

Texto:

 

A promotoria pública da Suécia anunciou nesta sexta-feira que decidiu encerrar uma investigação sobre estupro envolvendo o fundador do site WikiLeaks, Julian Assange.

A decisão veio cerca de seis meses depois de Assange ter sido interrogado por promotores suecos na embaixada do Equador em Londres, por ter supostamente estuprado uma mulher durante visita à Suécia em 2010.

Assange nega a alegação de estupro e não chegou a ser formalmente acusado.

O Equador concedeu asilo a Assange em 2012 e o fundador de WikiLeaks tem vivido na embaixada do país em Londres desde então. 

Escreva seu comentário

Preencha seus wdados

ou

    #ItatiaiaNasRedes

    RadioItatiaia

    Dois em cada dez mineiros enfrentam dificuldades com abastecimento de água da Copasa - https://t.co/KPzqrroW5v https://t.co/isrA3OB0Zo

    Acessar Link

    RadioItatiaia

    Com base de apoio menor, Temer libera R$ 829 milhões em emendas para garantir votos: https://t.co/sm8xldUZU1 https://t.co/xr21REenEu

    Acessar Link

    RadioItatiaia

    Corregedor pede demissão após morte de turista espanhola no Rio- http://bit.ly/2yMM2dM

    Acessar Link

    RadioItatiaia

    Zika, chikungunya e dengue: campanha reforça necessidade de combater mosquito Aedes aegypti - http://bit.ly/2i1mfEM

    Acessar Link