Clique e ouça
Carregando ...
Apresentação
por Editoria de web em Esporte / Atualizado

STJD anula placar do jogo entre Tupi e Aparecidense e marca julgamento para segunda

O Superior Tribunal de Justiça Desportiva (STJD) agiu rápido e anunciou nesta terça-feira que suspendeu o placar do confronto entre Tupi e Aparecidense-GO, disputado no último sábado, em Juiz de Fora, pelas oitavas de final da Série D do Campeonato Brasileiro. Além disso, marcou julgamento sobre o caso para a próxima segunda-feira.

O presidente do STJD, Flávio Zveiter, acatou o pedido de sanção da Procuradoria do órgão, se utilizando da prerrogativa que lhe dá o direito de suspender jogos em situações atípicas ou diante de infrações muito graves, de acordo com sua avaliação.  

A polêmica aconteceu depois que o massagista da Aparecidense, conhecido como Esquerdinha, invadiu o campo nos minutos finais e tirou a bola em cima da linha por duas vezes no mesmo lance, impedindo o terceiro gol do Tupi, que daria a vaga nas quartas de final ao Galo Carijó. Com o empate por 2 a 2, os goianos avançaram no torneio.

Relembre o polêmico lance:

Comentários

Aviso: nossos editores/colunistas estão expressando suas opiniões sobre o tema proposto, e esperamos que as conversas nos comentários sejam respeituosas e construtivas. O espaço abaixo é destinado para discussões, para debatermos o tema e criticar ideias, não as pessoas por trás delas. Ataques pessoais não serão, de maneira nenhuma, tolerados, e nos damos o direito de excluir qualquer comentário ofensivo, difamatório, calunioso, preconceituoso ou de alguma forma prejudicial a terceiros, assim como textos de caráter promocional e comentários anônimos (sem um nome completo e email válido).

Ouvindo: