Auto Truck CPM Interno

Notícias

Sem inspiração, Athletico-PR só empata em casa contra a lanterna Chapecoense

Por Agência Estado, 29/09/2019 às 22:48
atualizado em: 29/09/2019 às 22:51

Texto:

Ainda sob o impacto da conquista do título inédito da Copa do Brasil, o Athletico-PR deu a primeira decepção à sua torcida ao empatar contra a Chapecoense por 1 a 1, neste domingo, na Arena da Baixada, em Curitiba, pela 22.ª rodada do Campeonato Brasileiro.

Apesar do maior volume de jogo, o time paranaense não esteve em uma noite inspirada e pecou demais nas finalizações. Com isso, soma 31 pontos em nono lugar. Do outro lado, o time de Santa Catarina aparece com 15 pontos, ainda na lanterna, embora tenha comemorado o empate conquistado longe de casa.

Aos gritos de campeão, o melhor time da Copa do Brasil iniciou o jogo em cima da Chapecoense. Na base da pressão. Aos três minutos, Bruno Guimarães perdeu a primeira chance. Aos 10, o visitante perdeu o atacante Dalberto, machucado, para a entrada de Arthur Gomes. Aos 14, nova investida atleticana e após cruzamento de Nikão quem chutou foi Marcelo Cirino, mas em cima da defesa. A bola saiu em escanteio.

Quando o gol parecia maduro, quem abriu o placar foi o time catarinense. Elicarlos cobrou falta rapidamente no meio de campo, acionando Bruno Pacheco pelo lado esquerdo. O cruzamento saiu em direção à área, onde Arthur Gomes apareceu para completar aos 30 minutos.

Mais do que nunca, o time paranaense se atirou ao ataque e criou chances. Aos 34 minutos, Marcelo Cirino chutou nas redes pelo lado de fora. Aos 40, Nikão até completou para as redes de cabeça, porém estava impedido. A melhor chance saiu aos 47, quando Nikão cruzou e Léo Cittadini bateu de primeira, exigindo grande defesa do goleiro Tiepo.

No segundo tempo, o time da casa manteve o seu ritmo intenso em busca do gol. Logo aos três minutos, Nikão pegou bem de voleio e a bola explodiu no travessão. Ele parecia predestinado a marcar um gol, que saiu aos 11. Bateu falta da intermediária, a bola passou no meio da barreira e ainda tocou nas mãos de Tiepo antes de entrar. Pareceu uma falha na formação da barreira.

Agora a missão era buscar a virada. O Athletico-PR manteve o ritmo forte, sem dar espaços para o visitante. O ataque foi reforçado com a entrada do argentino Marco Rubén no lugar do volante Wellington. Nesta mudança, Nikão recua um pouco para ajudar o meio de campo.

Apesar da pressão, o Athletico-PR errava muitos nas finalizações Mas quase virou o placar aos 38 minutos. Após escanteio, Marco Rubén subiu de cabeça e acertou a trave. A última chance saiu dos pés do garoto Pedrinho, que tinha substituído Rony. Ele passou por dois adversários, invadiu a área e parecia que marcaria um golaço. Mas o chute saiu por cima do travessão.

O Athletico-PR volta a campo no próximo sábado, às 19 horas, diante do Bahia, na Arena Fonte Nova, em Salvador. A Chapecoense vai enfrentar o Corinthians, nesta quarta-feira, na Arena Condá, em Chapecó (SC), às 19h15, em jogo adiado da 21.ª rodada por causa da participação do time paulista na Copa Sul-Americana.

ATHLETICO-PR 1 X 1 CHAPECOENSE

ATHLETICO-PR - Santos; Madson, Lucas Halter, Léo Pereira e Márcio Azevedo; Wellington (Marco Rubén), Bruno Guimarães e Léo Cittadini (Everton Felipe); Nikão, Rony (Pedrinho) e Marcelo Cirino. Técnico: Tiago Nunes.

CHAPECOENSE - Tiepo; Eduardo, Douglas, Rafael Pereira e Roberto; Márcio Araújo, Elicarlos, Camilo (Augusto) e Bruno Pacheco (Renato Kayser); Dalberto (Arthur Gomes) e Everaldo. Técnico: Marquinhos Santos.

GOLS - Arthur Gomes, aos 30 minutos do primeiro tempo; Nikão, aos 11 minutos do segundo tempo.

CARTÃO AMARELO - Elicarlos (Chapecoense).

ÁRBITRO - Thiago Duarte Peixoto (SP).

RENDA - R$ 225.265,00.

PÚBLICO - 13.669 torcedores.

LOCAL - Arena da Baixada, em Curitiba (PR).

Escreva seu comentário

Preencha seus dados

ou

    #ItatiaiaNasRedes

    RadioItatiaia

    'Eu estou levando minha revolta para um lado de injustiça, eu preciso de uma resposta. Eu guardei tudo no quarto do bebê. Essa dor parece que não vai passar', completa.

    Acessar Link

    RadioItatiaia

    O caso foi revelado em primeira mão pela rádio Itatiaia e repercute nacionalmente.

    Acessar Link