Notícias

Seleção brasileira chega à 30ª partida seguida de Copa América sem jogador de clube mineiro em campo

Últimos atletas de times de Minas a jogarem no torneio foram Cris e Alex, do Cruzeiro, em 2004

Por Alexandre Simões, 10/07/2021 às 14:00
atualizado em: 10/07/2021 às 14:03

Texto:

Foto: Arquivo/Conmebol
Arquivo/Conmebol

Ex-cruzeirense Alex ganhou a Copa América com a seleção brasileira em 2004

Quando Brasil e Argentina começarem a decidir a Copa América de 2021, neste sábado (10), às 21h, no Maracanã, o futebol de Minas Gerais estará alcançando uma triste marca: 30 jogos consecutivos da competição sem que a Seleção tenha jogador de um clube mineiro em campo.

CLIQUE AQUI e acompanhe a Jornada Esportiva da Itatiaia, a partir das 16h. Narração de Antônio Carlos, comentários de Edu Panzi, reportagens de Thiago Reis e Wellington Campos, plantão de Fabrício Calazans, com análise de arbitragem de Márcio Rezende de Freitas, dos números de  Domingos Sávio Baião e a ancoragem de João Vitor Cirilo.

A última partida da Seleção, na Copa América, com um jogador de um clube mineiro em campo, foi em 25 de julho de 2004, em Lima, no Peru. E ela traz boas recordações, pois o Brasil venceu a Argentina por 4 a 2, nos pênaltis, após empate por 2 a 2 no tempo normal e conquistou o torneio. Este jogo teve a participação do zagueiro Cris e do meia Alex, ambos do Cruzeiro, mas que logo depois deixaram a Toca da Raposa II.

Já são seis edições (2007, 2011, 2015, 2016, 2019 e 2021) consecutivas de Copa América sem que um jogador de clube mineiro defenda a Seleção Brasileira na competição.
Essa está longe de ser a maior sequência de partidas sem jogador de um clube mineiro em campo pela Seleção na Copa América.

Entre 5 de fevereiro de 1942, quando Paulo Florêncio participou do empate por 1 a 1 com o Paraguai, pela última rodada da edição disputada no Uruguai, e 14 de março de 1963, quando Marcial e William (Atlético), Massinha e Geraldino (Cruzeiro) e Ari (América) participaram da vitória por 1 a 0 sobre o Peru, em Cochabamba, pelo Sul-Americano jogado na Bolívia, foram 47 confrontos do Brasil no torneio sem um atleta de um clube de Minas em campo.

Isso compreendeu as edições de 1945, 1946, 1949, 1953, 1956, 1957, 1959 e 1959 Extra.

História

A Copa América faz parte da história do futebol mineiro, pois o primeiro jogador de um clube do Estado a defender a Seleção Brasileira o fez num jogo do torneio.

Na edição de 1937, que começou no final do ano anterior, Niginho, maior ídolo da Era Palestra Itália do Cruzeiro, não só enfrentou o Peru, em Buenos Aires, como marcou um dos gols na vitória por 3 a 2. O jogo foi disputado em 27 de dezembro de 1936. Foram dois gols marcados em cinco jogos.

Seis anos depois, o também atacante Paulo Florêncio fez história, pois foi convocado para defender a Seleção no Campeonato Sul-Americano do Uruguai e disputou duas partidas.

Em 1975, aconteceu a maior presença de jogadores de clubes mineiros, justamente na edição em que a competição passou a ser chamada de Copa América.

Dos 22 atletas escalados por Osvaldo Brandão, 16 atuavam em Minas Gerais. Foram utilizados pelo treinador: Raul, Nelinho, Piazza, Roberto Batata, Palhinha, Dirceu Lopes e Zé Carlos (Cruzeiro); e Vantuir, Getúlio, Vanderlei Paiva, Danival, Marcelo, Reinaldo, Campos e Romeu (Atlético).

Estava definitivamente aberta a porta da Copa América para o futebol mineiro. Entre 1963 e 2004, a última a contar com jogador de clube do Estado em campo, foram 13 edições da competição, e dez (1963, 1975, 1983, 1987, 1993, 1995, 1997, 1999, 2001 e 2004) contaram com atletas de times de Minas jogando pelo menos uma partida. As ausências foram em 1979, 1989 e 1991.

Escreva seu comentário

Preencha seus dados

ou

    #ItatiaiaNasRedes

    RadioItatiaia

    Partida acontece nesta terça-feira (7), às 11h. No jogo de ida, times empataram por 0 a 0. #Itatiaia https://www.itatiaia.com.br/noticia/galo-x-bragantino-fazem-final-do-bras...

    Acessar Link

    RadioItatiaia

    Militares do Corpo de Bombeiros também atuam, nesta segunda-feira (6), para evitar reignição no Parque das Mangabeiras, em BH. #Itatiaia https://www.itatiaia.com.br/noticia/s...

    Acessar Link