PMC - Maxi 970 x 150

Notícias

Seis meses da tragédia em Brumadinho: a mulher que perdeu a vida ao tentar salvar a cadela

Por Redação , 22/07/2019 às 11:06
atualizado em: 23/07/2019 às 13:45

Texto:

Foto: Fernando Moreno/ Estadão Conteúdo
Fernando Moreno/ Estadão Conteúdo

Sexta-feira, 25 de janeiro. O relógio de um sítio, localizado na comunidade Córrego do Feijão, em Brumadinho, Região Metropolitana de Belo Horizonte, apontava para próximo ao meio-dia, quando a professora e ativista ambiental Sirlei Brito Ribeiro, de 48 anos, ouviu um forte barulho e alertou dois funcionários do local, que saíram correndo. 

Sirlei voltou para resgatar a cachorrinha Bianca, de nove anos, mas não havia tempo suficiente. Ela e a cadela foram soterradas pela lama de rejeitos, que deixou até o momento 248 mortes – 22 corpos ainda não foram localizados. 

Na semana em que completará seis meses da tragédia em Brumadinho, a Itatiaia trará histórias das vítimas, relato de quem sobreviveu e as vozes do Ministério Público e de políticos que analisam o rompimento da barragem.

Ouça aqui a matéria completa

Além de apaixonada por animais, Sirlei Brito era secretária de Desenvolvimento Social da Prefeitura de Brumadinho, profissão que a fez desenvolver um importante projeto de ajuda a crianças da Casa de Acolhimento. “Ela levava as crianças para comer pizza, comemorar o aniversário deles”, relembra a irmã Sirlene.

 

Um símbolo de reconhecimento veio do abraço apertado de uma criança que comemorou o aniversário pela primeira vez graças a Sirlei. “No enterro dela, ele me abraçou tanto, que a sensação era de que ele queria resgatar ela em mim. Ele não falou uma palavra. Apenas olhou no meu olho, com aquela expressão: cadê ela?”, conta. 

“Toda sexta-feira eu revivo aquilo. Eu tenho medo da sexta-feira. Eu rezo todos os dias, mas às sextas-feiras eu faço uma pressa especial para Deus ter misericórdia de nós. Essa dor nunca vai passar porque foi muito difícil de absorver e aceitar como foi, pela ganância, e não tem justiça nenhuma”, diz Sirlene sem conter as lágrimas. 

Nesta terça-feira (23), a série especial da Itatiaia que trata dos seis meses da tragédia em Brumadinho vai abordar como estão sendo feitas as indenizações. Recentemente, um acordo foi firmado entre a mineradora Vale e o Ministério Público para indenizações trabalhistas para os familiares das vítimas do rompimento da barragem.

Escreva seu comentário

Preencha seus dados

ou

    #ItatiaiaNasRedes

    RadioItatiaia

    Bolsonaro provoca presidente da OAB: 'Posso contar como o pai dele desapareceu' https://t.co/VL1QAuI1sI https://t.co/uO2itrIBJh

    Acessar Link

    RadioItatiaia

    ⚽️ Jogador foi decisivo contra o Santos.

    Acessar Link

    RadioItatiaia

    ⚽🎥 Confira a entrevista com o técnico celeste!

    Acessar Link