PMC - Maxi 970 x 150

Notícias

Santos vence Palmeiras na Vila Belmiro e toma a vice-liderança do rival no Brasileirão

Por Agência Estado, 10/10/2019 às 00:04
atualizado em: 10/10/2019 às 00:08

Texto:

Foto: Ivan Storti/Santos FC
Ivan Storti/Santos FC

O Santos ganhou do Palmeiras por 2 a 0 na noite desta quarta-feira, na Vila Belmiro, e trocou de lugar na tabela com o rival. As duas equipes somam 47 pontos, mas os alvinegros ocupam a segunda colocação por terem uma vitória a mais. São cinco pontos de diferença para o líder Flamengo, que joga nesta quinta contra o Atlético-MG, no Maracanã.

Foi a terceira vitória consecutiva do Santos, que impôs a primeira derrota do Palmeiras sob o comando do técnico Mano Menezes. A equipe alviverde vinha de cinco triunfos e dois empates.

No clássico desta quarta, o técnico Jorge Sampaoli surpreendeu na escalação do Santos. Na defesa, Pará assumiu o lugar de Victor Ferraz na lateral-direita e Jorge atuou pela esquerda, e não mais avançado, como vinha acontecendo. No meio, a equipe não teve um volante mais marcador: Sánchez, Pituca e Jean Mota subiam ao ataque e ajudava na pressão alvinegra.

Com mais volume de jogo, o Santos não demorou para abrir o placar. Aos 12, Sánchez cobrou falta pelo lado direito e Gustavo Henrique subiu sozinho para mandar de cabeça para o fundo da rede de Jailson. Falha de todo o sistema defensivo do Palmeiras

Mesmo com o gol sofrido, a equipe alviverde não esboçou qualquer tipo de reação. Pelo contrário: quem comandava as ações da partida era o Santos, que ampliou aos 17. Pituca chutou, Jailson rebateu e Marinho aproveitou o rebote de primeira. A assistente chegou a marcar impedimento do atacante santista, mas o gol foi validado pelo VAR.

O Palmeiras só foi exigir algum trabalho de Everson na parte final do primeiro tempo, com chutes de Gustavo Scarpa e Dudu. O atacante alviverde, aliás, esteve muito abaixo do que de costume A equipe mostrou ser dependente do jogador para levar perigo ao adversário.

No segundo tempo, o Palmeiras voltou melhor e esboçou uma certa pressão nos minutos iniciais. Embora ficasse mais tempo com a bola, a equipe não conseguia criar boas oportunidades de gol. Everson apenas via o sistema defensivo santista conter os avanços do rival.

O que já estava difícil ficou ainda mais complicado aos 27 minutos. Willian deu um carrinho em Diego Pituca e o árbitro consultou o VAR para expulsar o atacante. Foi um lance interpretativo, no qual o jogador palmeirense tentou pegar a bola, mas acabou acertando o volante santista depois.

A expulsão diminuiu o ritmo do clássico. O Santos passou a administrar a partida, com gritos de olé da torcida na Vila Belmiro. O Palmeiras, por sua vez, parecia não ter forças para buscar a reação com um jogador a menos e perdeu a invencibilidade com Mano Menezes e a segunda colocação para o rival.

FICHA TÉCNICA:

SANTOS 2 x 0 PALMEIRAS

SANTOS - Everson; Pará, Lucas Veríssimo, Gustavo Henrique e Jorge; Diego Pituca, Sánchez e Jean Mota; Marinho, Eduardo Sasha e Tailson (Lucas Venuto). Técnico: Jorge Sampaoli.

PALMEIRAS - Jailson; Marcos Rocha, Luan, Vitor Hugo e Diogo Barbosa; Felipe Melo, Bruno Henrique e Gustavo Scarpa (Zé Rafael); Dudu, Willian e Luiz Adriano (Carlos Eduardo). Técnico: Mano Menezes.

GOLS - Gustavo Henrique, aos 12, e Marinho, aos 17 minutos do primeiro tempo.

CARTÕES AMARELOS - Sánchez (Santos); Felipe Melo, Carlos Eduardo (Palmeiras).

CARTÃO VERMELHO - Willian (Palmeiras).

ÁRBITRO - Flávio Rodrigues de Souza.

RENDA - R$ 592.000,00

PÚBLICO - 11.408 pagantes.

LOCAL - Estádio da Vila Belmiro, em Santos (SP).

Escreva seu comentário

Preencha seus dados

ou

    #ItatiaiaNasRedes

    RadioItatiaia

    'Eu estou levando minha revolta para um lado de injustiça, eu preciso de uma resposta. Eu guardei tudo no quarto do bebê. Essa dor parece que não vai passar', completa.

    Acessar Link

    RadioItatiaia

    O caso foi revelado em primeira mão pela rádio Itatiaia e repercute nacionalmente.

    Acessar Link