Unimed Set Maxiboard interno

Notícias

Repelente tem pouca eficácia contra carrapato transmissor da febre maculosa 

Por Redação , 05/06/2019 às 08:52
atualizado em: 05/06/2019 às 10:05

Texto:

Ouça na Íntegra
00:00 00:00
Foto: Divulgação Prefeitura de Contagem
Divulgação Prefeitura de Contagem

Muita gente ainda não sabe como proceder para se prevenir contra a febre maculosa. Cuidados caseiros funcionam para evitar o carrapato que transmite a doença? O que fazer com animais domésticos? Repelente é eficiente? A professora de parasitologia veterinária da Universidade Federal de Minas Gerais (UFMG), Júlia Silveira, explica que o controle do carrapato é difícil. Repelentes, mesmo os de icaridina, não têm a mesma eficácia comprovada como no caso dos mosquitos.

Ouça a entrevista completa com Alessandra Mendes!

“O carrapato gosta das áreas mais quentes e úmidas do corpo. Então, tem que fazer uma inspeção debaixo do braço e nas áreas que têm as dobrinhas”, diz a professora, que recomenta evitar levar cães e animais de estimação para passear em áreas com registro da doença.

A professora garante que medidas caseiras, como passar óleo na pele, não têm eficácia comprovada contra o carrapato.

Os casos de febre maculosa têm assustado moradores da Grande BH. São 31 casos investigados na capital mineira e 23 em Contagem. Até o momento, a doença matou duas pessoas; outros dois óbitos são investigados.

Escreva seu comentário

Preencha seus dados

ou

    #ItatiaiaNasRedes

    RadioItatiaia

    Bolsonaro provoca presidente da OAB: 'Posso contar como o pai dele desapareceu' https://t.co/VL1QAuI1sI https://t.co/uO2itrIBJh

    Acessar Link

    RadioItatiaia

    'Eu estou levando minha revolta para um lado de injustiça, eu preciso de uma resposta. Eu guardei tudo no quarto do bebê. Essa dor parece que não vai passar', completa.

    Acessar Link

    RadioItatiaia

    O caso foi revelado em primeira mão pela rádio Itatiaia e repercute nacionalmente.

    Acessar Link