Clique e ouça
Carregando ...
Apresentação
por Editoria de web em Esporte

Rafael deixa para Mano decisão sobre titular no gol do Cruzeiro e diz que todos terão espaço

Foto: Washington Alves/Light Press

Titular absoluto no gol do Cruzeiro desde agosto, quando Fábio se lesionou, Rafael se mostra tranquilo quanto à proximidade do retorno do capitão celeste que pode fazê-lo voltar ao banco de reservas. Questionado sobre o assunto nesta quarta-feira, o camisa 12 deixou o ‘problema’ para o técnico Mano Menezes, mas ressaltou que a temporada é longa e todos terão uma oportunidade no time.

“Quem escala é o Mano, não somos nós. Tenho ciência que o ano é muito grande e que nós precisamos de 30, 40, 50 jogadores, sei lá, porque no final da temporada eu vejo que todos jogaram e deram sua parcela de contribuição”, disse.

“Tenho certeza que não só eu, mas todos que estão retornando e os que chegaram agora não estão preocupados em ser titular, mas em fazer uma preparação muito boa para, caso o Mano precise, todos estejam bem para poder ajudar o Cruzeiro”, acrescentou Rafael.

Acompanhado pelo fisioterapeuta Charles Costa, o goleiro Fábio foi a campo nesta quarta-feira e fez atividades com bola, seguido de exercícios com obstáculos, dando continuidade à recuperação da cirurgia no ligamento cruzado do joelho direito. Inicialmente, o Cruzeiro informou que o camisa 1 voltaria em abril, mas o prazo pode ser abreviado.

Além de Fábio, o zagueiro Dedé e o atacante Judivan, que também se recuperam de graves lesões, participaram dos trabalhos com o fisioterapeuta na Toca II.

Ouça a entrevista com o goleiro do Cruzeiro

Ouça o(s) audio(s) desta notícia:

Rafael deixa para Mano decisão sobre titular no gol do Cruzeiro e diz que todos terão espaço

Comentários

Aviso: O espaço abaixo é destinado para debatermos o tema e criticar ideias. Ataques pessoais não serão tolerados de maneira alguma. Por isso, nos damos ao direito de excluir qualquer comentário ofensivo, difamatório, calunioso, preconceituoso ou de alguma forma prejudicial a terceiros, assim como textos de caráter promocional e comentários anônimos (sem um nome completo e e-mail válido).

Ouvindo: