Unimed Set Maxiboard interno

Notícias

Possível chegada de volante paraguaio tiraria espaço de atacante uruguaio no Atlético

Por Redação, 11/06/2019 às 22:11
atualizado em: 12/06/2019 às 17:02

Texto:

Foto: Divulgação/Guaraní-PAR
Divulgação/Guaraní-PAR

A possibilidade da contratação do volante paraguaio Ramón Martínez, de 23 anos, pelo Atlético é um indício de que outro jogador estrangeiro pode estar de saída do clube. Caso a negociação com o Guaraní-PAR se concretize, o atacante uruguaio David Terans, que já não vem tendo oportunidades com o técnico Rodrigo Santana, continuaria sem espaço no time.

Isso porque o clube alvinegro ficaria com seis 'gringos' no elenco, quando apenas cinco podem ser relacionados para as competições organizadas pela Confederação Brasileira de Futebol (CBF).

Atualmente, o técnico Rodrigo Santana conta com o meia equatoriano Cazares e o atacante colombiano Chará na equipe titular. Opção no banco, David Terans não entra em campo desde o dia 21 de maio, quando entrou no segundo tempo no lugar do volante Jair na derrota por 1 a 0 para o Unión La Calera, no Chile, pela Copa Sul-Americana. Na ocasião, o Atlético atuou com uma formação reserva.

Em julho, o meia venezuelano Rómulo Otero retorna de empréstimo do Al Wehda, da Arábia Saudita, se tornando o quarto estrangeiro no elenco.

A partir de 1º de julho, o lateral-esquerdo uruguaio Lucas Hernández, contratado junto ao Peñarol-URU, ficará à disposição após a abertura da janela de transferências internacionais. Assim, o reforço seria o quinto estrangeiro no time atleticano.

Com 1,86m, Ramón Martínez apresenta boa saída de bola, recursos apreciados pelo ‘futebol moderno’ e pelo treinador Rodrigo Santana. O volante chegou a aparecer na pré-lista dos convocados do Paraguai para a Copa América, mas não ficou entre os 23 finais relacionados para a disputa do torneio de seleções.

Escreva seu comentário

Preencha seus dados

ou

    #ItatiaiaNasRedes

    RadioItatiaia

    Bolsonaro provoca presidente da OAB: 'Posso contar como o pai dele desapareceu' https://t.co/VL1QAuI1sI https://t.co/uO2itrIBJh

    Acessar Link

    RadioItatiaia

    'Eu estou levando minha revolta para um lado de injustiça, eu preciso de uma resposta. Eu guardei tudo no quarto do bebê. Essa dor parece que não vai passar', completa.

    Acessar Link

    RadioItatiaia

    O caso foi revelado em primeira mão pela rádio Itatiaia e repercute nacionalmente.

    Acessar Link