Unimed Ago-Set Maxi Internas CPM

Notícias

Por unanimidade, Câmara de BH aprova pedido de cassação contra Wellington Magalhães

Por Redação , 14/08/2019 às 16:47
atualizado em: 14/08/2019 às 17:16

Texto:

Ouça na Íntegra
00:00 00:00
Foto: Karoline Barreto/CMBH
Karoline Barreto/CMBH

A Câmara Municipal de Belo Horizonte aprovou na tarde desta quarta-feira a abertura do processo de cassação contra o vereador Wellington Magalhães (Democracia Cristã). O pedido foi aprovado por unanimidade, ou seja, até mesmo Magalhães votou para a abertura do processo.

Nesta terça-feira (13), Magalhães já havia dito à Itatiaia que era favorável à abertura porque será uma oportunidade para provar a própria inocência. “Eu vou fazer um pronunciamento pedindo aos vereadores que votem ‘sim’ para a abertura. É o mesmo processo, são as mesmas denúncias que eu passei lá atrás. Estou tranquilo e vou fazer a minha defesa”, contou.

Segundo o Ministério Público de Minas Gerais (MPMG), o parlamentar é suspeito de liderar uma organização criminosa que fraudava licitações de publicidade na Casa e que pode ter desviado R$ 30 milhões. Foi o argumento usado pelo vereador Mateus Simões (Novo) para solicitar o processo.

Uma comissão processante será instalada e terá 90 dias para analisar a denúncia, podendo ouvir até dez testemunhas de acusação e dez de defesa. Será feito sorteio de três vereadores para compor a comissão. Somente Matheus Simões (Novo), autor do pedido de cassação, Wellington Magalhães, alvo do pedido, e a presidente da Casa, Nely Aquino (PRTB), não podem fazer parte dela. O presidente e o relator ainda serão eleitos. 

2ª vez

Este é o segundo processo de cassação aberto contra Magalhães, pelo mesmo motivo. O primeiro foi arquivado pela Câmara em agosto do ano passado, mesmo com nenhum voto a favor de Magalhães. Foram 15 abstenções, três ausências e 23 posicionamentos pela perda de mandato – eram necessários 28.


 

Escreva seu comentário

Preencha seus dados

ou

    #ItatiaiaNasRedes

    RadioItatiaia

    Bolsonaro provoca presidente da OAB: 'Posso contar como o pai dele desapareceu' https://t.co/VL1QAuI1sI https://t.co/uO2itrIBJh

    Acessar Link

    RadioItatiaia

    Para discutir os prejuízos e benefícios da Lei, o Palavra Aberta deste sábado recebe Henrique José, formado em Ciência do Estado e mestre pela UFMG, e o presidente da Fiemg, F...

    Acessar Link

    RadioItatiaia

    Para discutir os prejuízos e benefícios da Lei, o Palavra Aberta deste sábado recebe Henrique José, formado na UFMG, e o presidente da Fiemg, Flávio Roscoe.

    Acessar Link