Notícias

Um dos ladrões também foi baleado e não resistiu, e outro foi preso. Para fugir, o terceiro tomou um carro de assalto e fez três mulheres reféns.

Violência em BH

Por Editoria de web, 09/08/2016 às 20:46

Texto:

Ouça na Íntegra
00:00 00:00

Um soldado da Polícia Militar morreu, na noite dessa sexta-feira (16), após confronto com três bandidos que queriam roubar um casal no Bairro Ouro Preto, na Região Pampulha. Um dos ladrões também foi baleado e não resistiu. Outro foi preso e, para fugir, um terceiro tomou um carro de assalto e fez três mulheres reféns.

O policial André Luis Lucas Neves, lotado no 49º Batalhão estava de folga, saindo de um bar na esquina da Avenida Fleming com a Rua Jordânia quando viu três homens tentando assaltar o casal. Para evitar o crime, ele entrou em luta corporal com um dos suspeitos, mas foi baleado. O militar foi levado por uma viatura do Grupo Especializado em Policiamento de Áreas de Risco (Gepar) para o Hospital Odilon Berehns, mas não resistiu.

De acordo com o tenente Augusto Cruz, do 34º Batalhão, ainda não se sabe se a arma que disparou contra o militar era dele mesmo ou de um dos bandidos. Um dos criminosos também levou tiro e morreu. "Os assaltantes saíram do local e tentaram socorrer aquele que estava baleado. Vendo que não tinham como socorrer, devido ao estado gravíssimo, eles abandonaram o carro com o ferido e fugiram a pé", afirma.

O ladrão morto durante o confronto é, segundo a polícia, Ítalo Pedrosa Souza. O corpo dele foi encontrado na Rua Belterra, a poucos mestros do local do crime, dentro do Peugeot usado pelo trio.

Fuga e reféns

Para fugir, um dos assaltantes, Wilson Guimarães Filho, 25, roubou um veículo Corsa de uma estudante que voltava da faculdade com duas amigas. Ela relata que foi abordada próximo ao clube do América, localizado na Rua Mantena. "Ele apontou a arma e mandou que eu abrisse a porta para ele entrar. Ele estava baleado e pediu para eu prosseguir. Fui acatando o que ele falava. O tempo todo ele ameaçava falando que, se a polícia o pegasse, ele nos mataria", relata. 

Segundo a moça, cinco minutos depois o bandido ordenou que ela e as amigas descessem do automóvel. "Ele disse que eu recuperaria meu carro, que ele só queria fugir dali. Percebemos que ele estava muito nervoso", completa. A polícia está em busca de Guimaraes Filho.

José Henrique da Silva Bento foi preso suspeito de participação no assalto. Ele foi encontrado nas proximidades do local do crime com um revólver calibre 38 e com cinco munições descarregadas.

Confira a reportagem de André Santos

Escreva seu comentário

Preencha seus dados

ou

    #ItatiaiaNasRedes

    RadioItatiaia

    Campeonato Mineiro Coimbra x América

    Acessar Link

    RadioItatiaia

    ⚽Boliviano irá desembarcar em Belo Horizonte nesta terça-feira, às 11h30

    Acessar Link