Notícias

Agentes, escrivães e papiloscopistas da Polícia Federal (PF) em Minas Gerais paralisaram as atividades nesta terça-feira e permanecerão de braços cruzados também nesta quarta (26).

Em estado de greve

Por Editoria de Web, 10/08/2016 às 01:43

Texto:


Mula simboliza, no ato, pequenos traficantes presos pela PF (Sinpef-MG/Divulgação)

Agentes, escrivães e papiloscopistas da Polícia Federal (PF) em Minas Gerais paralisaram as atividades nesta terça-feira e permanecerão de braços cruzados também na quarta (26). Nesta manhã (25), os trabalhadores realizaram um protesto em frente ao prédio da superintendência da categoria, no Bairro Gutierrez, Região Oeste de Belo Horizonte. 

A mobilização é realizada pelos policiais federais em todo o país. Os servidores reivindicam reestruturação da carreira e reajuste salarial, o que não ocorre há sete anos. 

De acordo com o Sindicato dos Policiais Federais do Estado de Minas Gerais (Sinpef-MG), o atendimento para serviços essenciais, como emissão de passaportes, estão mantidos. Investigações e procedimentos administrativos estarão suspensos durante a paralisação.

Os servidores da PF estão em estado de greve desde o dia 5 de fevereiro.

Escreva seu comentário

Preencha seus dados

ou

    #ItatiaiaNasRedes

    RadioItatiaia

    'Eu estou levando minha revolta para um lado de injustiça, eu preciso de uma resposta. Eu guardei tudo no quarto do bebê. Essa dor parece que não vai passar', completa.

    Acessar Link

    RadioItatiaia

    O caso foi revelado em primeira mão pela rádio Itatiaia e repercute nacionalmente.

    Acessar Link