350 Dias para Copa

Notícias

Sessenta e cinco dos 184 presos que escaparam de unidades prisionais do Amazonas nos primeiros dias do ano foram recapturados até o meio-dia desta quinta-feira

Massacre em Manaus

Por Agência Brasil , 05/01/2017 às 17:49
atualizado em: 06/01/2017 às 09:12

Texto:

Sessenta e cinco dos 184 presos que escaparam de unidades prisionais do Amazonas nos primeiros dias do ano foram recapturados até o meio-dia desta quinta-feira. Segundo a Secretaria de Segurança Pública do estado, as forças policiais continuam as buscas pelos 119 foragidos. Barreiras foram montadas em várias regiões da capital, Manaus, e também em rodovias estaduais e na BR-174, que liga Manaus a Boa Vista (RR).

As fugas ocorreram entre domingo (1º) e segunda-feira (2). Cento e doze detentos escaparam do Complexo Penitenciário Anísio Jobim (Compaj) – unidade onde a guerra entre facções criminosas que disputam o controle do narcotráfico na região deixou 56 mortos entre domingo (1º) e segunda-feira (2). Outros 72 apenados fugiram do Instituto Penal Antônio Trindade (Ipat).

Segundo a Secretaria de Comunicação do estado, os corpos de 46 vítimas já foram identificados. Desses, 18 foram liberados para as famílias das vítimas: 14 deles são de presos do Compaj e quatro de detentos mortos na Unidade Prisional do Puraquequara (UPP), na zona rural de Manaus. Os assassinatos no Puraquequara ocorreram na tarde de segunda-feira (2), horas após o fim da rebelião no Compaj.

A maioria dos corpos já reconhecidos está degolada. Inicialmente, o Departamento de Polícia Técnico-Científica estimou que todo o processo de identificação dos mortos pode levar até um mês.

Escreva seu comentário

Preencha seus wdados

ou

    #ItatiaiaNasRedes

    RadioItatiaia

    Alisson, Thiago Neves e Ariel Cabral receberam pancadas ontem e serão reavaliados. Mas não devem ser problema pro clássico contra o Atlético

    Acessar Link

    RadioItatiaia

    Daqui a pouco, diretor de futebol do @americamg confirma na Itatiaia, a saída de Gustavo Blanco. (Por… https://t.co/Q8bmkoXZbD

    Acessar Link

    RadioItatiaia

    Pela portaria assinada pelo ministro José Sarney Filho, será preciso aprovar um determinado número de licenças para que as metas de gratificação sejam atingidas.

    Acessar Link

    RadioItatiaia

    "Se quando eu sair não arrumar emprego, porque se meu filho pedir um prato de comida, infelizmente, vou ter que roubar, matar e fazer o que for necessário", avisa.

    Acessar Link