Clique e ouça
Carregando ...
Apresentação
por Editoria de web em Jornalismo / Atualizado

Polícia prende trio suspeito de matar estudante de engenharia no Bairro Gutierrez

Foram presos, nesse sábado, no Bairro Cardoso, região do Barreiro, os três suspeitos de terem assassinado o estudante de engenheira Matheus Salviano Botelho de Morais, de 21 anos. O crime aconteceu no início deste mês no Bairro Gutierrez, região Oeste de Belo Horizonte. Todos têm passagem pela polícia por furto, roubo e receptação de veículos.

De acordo com a Polícia Militar, João Pedro Rocha, de 18 anos, Rafael Costa de Andrade, de 25, e Júlio César Soares, de 19, pertencem a uma quadrilha especializada em roubos de veículos na capital. Ainda segundo os militares, João Pedro confessou ter participado do crime, mas não informou quem efetuou os disparos. Para a imprensa, no entanto, o rapaz negou envolvimento no assassinato.

Segundo o tenente-coronel Sacramento, comandante do Batalhão de Rondas Táticas Metropolitanas (Rotam), a polícia recebeu informações de moradores e já monitorava o Bairro Cardoso. Os criminosos, inclusive, teriam comentado no bairro do roubo que terminou na morte de Matheus Salviano, mas que o assalto teria dado errado.

Foto: Reprodução/Facebook

Ouça a matéria completa de Mônica Miranda, a entrevista exclusiva com o tio de Matheus, Benedito Rezende, e o depoimento da mãe, Ângela Fonseca:

Fonte: Rádio Itatiaia

Ouça o(s) audio(s) desta notícia:

Polícia prende trio suspeito de matar estudante de engenharia no Bairro Gutierrez

Comentários

Aviso: nossos editores/colunistas estão expressando suas opiniões sobre o tema proposto, e esperamos que as conversas nos comentários sejam respeituosas e construtivas. O espaço abaixo é destinado para discussões, para debatermos o tema e criticar ideias, não as pessoas por trás delas. Ataques pessoais não serão, de maneira nenhuma, tolerados, e nos damos o direito de excluir qualquer comentário ofensivo, difamatório, calunioso, preconceituoso ou de alguma forma prejudicial a terceiros, assim como textos de caráter promocional e comentários anônimos (sem um nome completo e email válido).

Ouvindo: