System.Collections.Generic.List`1[Site.ViewModels.BannerTopoViewModel]

Notícias

Foram presos, nesse sábado, no Bairro Cardoso, região do Barreiro, os três suspeitos de terem assassinado o estudante de engenheira Matheus Salviano Botelho de Morais, de 21 anos.

Violência

Por Editoria de web , 23/02/2014 às 11:32
atualizado em: 10/08/2016 às 02:13

Texto:

Ouça na Íntegra
00:00 00:00

Foram presos, nesse sábado, no Bairro Cardoso, região do Barreiro, os três suspeitos de terem assassinado o estudante de engenheira Matheus Salviano Botelho de Morais, de 21 anos. O crime aconteceu no início deste mês no Bairro Gutierrez, região Oeste de Belo Horizonte. Todos têm passagem pela polícia por furto, roubo e receptação de veículos.

De acordo com a Polícia Militar, João Pedro Rocha, de 18 anos, Rafael Costa de Andrade, de 25, e Júlio César Soares, de 19, pertencem a uma quadrilha especializada em roubos de veículos na capital. Ainda segundo os militares, João Pedro confessou ter participado do crime, mas não informou quem efetuou os disparos. Para a imprensa, no entanto, o rapaz negou envolvimento no assassinato.

Segundo o tenente-coronel Sacramento, comandante do Batalhão de Rondas Táticas Metropolitanas (Rotam), a polícia recebeu informações de moradores e já monitorava o Bairro Cardoso. Os criminosos, inclusive, teriam comentado no bairro do roubo que terminou na morte de Matheus Salviano, mas que o assalto teria dado errado.

Foto: Reprodução/Facebook

Ouça a matéria completa de Mônica Miranda, a entrevista exclusiva com o tio de Matheus, Benedito Rezende, e o depoimento da mãe, Ângela Fonseca:

Escreva seu comentário

Preencha seus wdados

ou

    #ItatiaiaNasRedes

    RadioItatiaia

    Raquel Dodge não quer mais receber auxílio-moradia; benefício é de R$ 4,3 mil mensais: https://t.co/rxjlnVj3XA https://t.co/sP9N1KY2fg

    Acessar Link

    RadioItatiaia

    'Há dificuldades, mas dificuldades são herdadas e estamos combatendo', diz Temer: https://t.co/UbBz8jeswI https://t.co/mFFGmvZQJF

    Acessar Link

    RadioItatiaia

    Benefício de R$ 4,3 mensais é pago a mais de 17 mil magistrados e quase 13 mil procuradores do Ministério Público Federal.

    Acessar Link

    RadioItatiaia

    Maia estaria receoso de os deputados aprovarem a criação de um fundo público para bancar as campanhas enquanto o Senado discute uma PEC para ressuscitar o financiamento privado.

    Acessar Link