Auto Truck CPM Interno

Notícias

Polícia de SP indicia Najila por fraude, extorsão e denúncia caluniosa no caso Neymar

Por Ansa Brasil, 10/09/2019 às 13:54
atualizado em: 10/09/2019 às 13:55

Texto:


A Polícia Civil de São Paulo anunciou nesta terça-feira (10) que indiciou a modelo Najila Trindade pelos crimes de fraude processual, denúncia caluniosa e extorsão no caso envolvendo o atacante Neymar, do Paris Saint-Germain (PSG).

A decisão, que foi tomada pela delegada Monique Lima, do 11º DP (Santo Amaro), acontece após a conclusão de dois inquéritos que tramitavam envolvendo o astro brasileiro.

Além de Najila, o ex-marido da modelo, Estivens Alves, também foi denunciado pelas autoridades. No caso dele, pelos crimes de fraude processual e divulgação de conteúdo erótico.

Em agosto, a Justiça de São Paulo aceitou o pedido do Ministério Público Estadual e arquivou o inquérito que apura a denúncia de Najila contra Neymar por estupro e agressão. A decisão foi tomada pela juíza Ana Paula Gomes Galvão Vieira de Moraes, da Vara de Violência Doméstica e Familiar contra Mulher.

No entanto, a decisão não significa que Neymar foi considerado inocente. Caso novas provas apareçam futuramente, o inquérito poderá ser reaberto.

O crime teria acontecido no dia 15 de maio deste ano, durante um encontro de Najila com o jogador em um quarto de hotel em Paris, na França.

Escreva seu comentário

Preencha seus dados

ou

    #ItatiaiaNasRedes

    RadioItatiaia

    'Eu estou levando minha revolta para um lado de injustiça, eu preciso de uma resposta. Eu guardei tudo no quarto do bebê. Essa dor parece que não vai passar', completa.

    Acessar Link

    RadioItatiaia

    O caso foi revelado em primeira mão pela rádio Itatiaia e repercute nacionalmente.

    Acessar Link