Notícias

Bombom 'Sonho de Valsa' com larva gera indenização de R$ 6 mil

Por TJMG/Redação , 18/05/2017 às 09:48
atualizado em: 19/05/2017 às 08:41

Texto:

Uma mulher que ingeriu um bombom contaminado da marca Lacta (Mondelez Brasil Ltda.) ganhou na Justiça aumento no valor da indenização por dano moral. A decisão é 16ª Câmara Cível do Tribunal de Justiça de Minas Gerais (TJMG). A consumidora ajuizou o pedido de indenização alegando que comprou e comeu um bombom Sonho de Valsa com larvas, o que colocou sua saúde em risco e lhe causou sofrimento.

 A Cencosud, empresa que comercializou o chocolate, tentou se eximir da culpa alegando que não existia prova da ingestão do produto e dos danos. Já a Lacta se defendeu com o argumento de que a contaminação aconteceu após o processo de fabricação, no armazenamento do produto.

Em primeira instância, o juiz determinou o pagamento de indenização de R$2.640. Entretanto, as partes recorreram da decisão. Assim, o volar da indenização foi para R$ 6 mil.

A relatora, desembargadora Aparecida Grossi, rechaçou o argumento da Lacta sob o fundamento de que o fabricante é solidariamente responsável com o comerciante pelo consumo do produto.

“Ao se deparar com uma larva dentro de um bombom de uma marca conhecida, o consumidor se vê acometido por uma sensação de impotência e vulnerabilidade diante do risco à saúde”, destacou a magistrada.
 
Os desembargadores José Marcos Rodrigues Vieira e Pedro Aleixo votaram de acordo com a relatora.

 

Escreva seu comentário

Preencha seus wdados

ou

    #ItatiaiaNasRedes

    RadioItatiaia

    Dois em cada dez mineiros enfrentam dificuldades com abastecimento de água da Copasa - https://t.co/KPzqrroW5v https://t.co/isrA3OB0Zo

    Acessar Link

    RadioItatiaia

    Com base de apoio menor, Temer libera R$ 829 milhões em emendas para garantir votos: https://t.co/sm8xldUZU1 https://t.co/xr21REenEu

    Acessar Link

    RadioItatiaia

    Corregedor pede demissão após morte de turista espanhola no Rio- http://bit.ly/2yMM2dM

    Acessar Link

    RadioItatiaia

    Zika, chikungunya e dengue: campanha reforça necessidade de combater mosquito Aedes aegypti - http://bit.ly/2i1mfEM

    Acessar Link