PMC - Maxi 970 x 150

Notícias

Ministro anuncia liberação de R$ 62 milhões para reerguer turismo em Brumadinho

Por Redação , 16/02/2019 às 12:59
atualizado em: 16/02/2019 às 16:46

Texto:

Ouça na Íntegra
00:00 00:00
Foto: Irlan Melo
Irlan Melo

O ministro do Turismo, Marcelo Álvaro Antônio, anunciou na manhã deste sábado, em Brumadinho, na Grande BH, que vai aportar R$ 62 milhões do Fundo Geral de Turismo (Fungetur) para empresários reativarem o turismo na região, atingida pelo rompimento da barragem da Vale, no dia 25 de janeiro.

Segundo o ministro, uma linha de crédito será destinada ao Banco de Desenvolvimento de Minas Gerais (BDMG) e deve ser investida na infraestrutura de Brumadinho. “Estou sugerindo ao governador de Minas Gerais que possa estudar juridicamente como destinar esses R$ 62 milhões para a infraestrutura do turismo aqui da cidade”, disse.

Ouça a entrevista completa com João Felipe Lolli

Álvaro Antônio ainda condenou a tragédia, qualificando de “crime contra a humanidade”, e defendeu a construção de um memorial em respeito às vítimas. “Para que não ocorra jamais situação como essas”.

Até este sábado, 166 mortes foram confirmadas e 144 pessoas seguiam desaparecidas.

Visita a Brumadinho

O ministro fez ainda uma visita ao Instituto Inhotim, maior centro de arte ao ar livre da América Latina e um dos mais importantes atrativos turísticos do Brasil. 

O museu reabriu uma semana após o luto em solidariedade à comunidade atingida pela tragédia.

Crise no governo

Sobre a crise que envolve o ministro Gustavo Bebianno, da Secretaria-Geral da Presidência, que tem como origem a suspeita de que o PSL usou candidaturas laranjas nas últimas eleições, Marcelo Álvaro Antônio disse estar muito tranquilo. “Estou convicto de que o PSL/MG agiu 100% dentro da legislação eleitoral na distribuição do fundo partidário feminino”, argumentou.

Escreva seu comentário

Preencha seus dados

ou

    #ItatiaiaNasRedes

    RadioItatiaia

    'Eu estou levando minha revolta para um lado de injustiça, eu preciso de uma resposta. Eu guardei tudo no quarto do bebê. Essa dor parece que não vai passar', completa.

    Acessar Link

    RadioItatiaia

    O caso foi revelado em primeira mão pela rádio Itatiaia e repercute nacionalmente.

    Acessar Link