Notícias

Maternidade comemora primeira cirurgia do SUS em Minas realizada em feto na barriga da mãe

Por Redação, 10/12/2019 às 15:41
atualizado em: 10/12/2019 às 17:54

Texto:

Foto: Santa Casa/Divulgação
Santa Casa/Divulgação

Beatriz Gonçalves voltou ao Hospital e Maternidade Hilda Brandão, da Santa Casa, nesta quarta-feira, pela primeira vez após nascer, no dia 25 de novembro, e já tem história para contar. Quando estava há cinco meses no útero da mãe, Jordana Gonçalves, de 33 anos, e passou por uma cirurgia na unidade de saúde do bairro Santa Efigênia, na região Leste de Belo Horizonte.

Foi o primeiro procedimento que o Sistema Único de Saúde (SUS) em Minas realizou em um feto na barriga de uma gestante. O objetivo foi impedir que a pequena precisasse usar uma válvula na cabeça por causa de hidrocefalia – acúmulo de líquido no cérebro.

Jornada está feliz com a saúde da filha. “Está todo mundo no céu porque ela não tem nada, graças a Deus”, disse.

Quem também comemora é o coordenador médico da maternidade, Francisco Lírio. “É um marco na assistência à mulher para o Hilda Brandão e para Minas Gerais. O propósito é, no início de 2020, termos o nosso ambulatório de medicina fetal para sermos referência nacional. A intervenção na gravidez vai fazer com que a gente melhore os resultados neonatais. Vamos deixar de atuar só depois do nascimento para já atuar durante a gravidez e vai diminuir essas complicações”, afirmou.

Escreva seu comentário

Preencha seus dados

ou

    #ItatiaiaNasRedes

    RadioItatiaia

    ⚽️ Jogador afirmou não guardar mágoa do Cruzeiro e disse que tem amigos no clube celeste.

    Acessar Link