PMC - Maxi 970 x 150

Notícias

Uma multidão tomou conta de algumas ruas do Centro de Belo Horizonte nesse sábado para participar da Marcha da Maconha.

Pela legalização

Por Editoria de web, 10/08/2016 às 19:01

Texto:

Ouça na Íntegra
00:00 00:00

Uma multidão tomou conta de algumas ruas do Centro de Belo Horizonte nesse sábado para participar da Marcha da Maconha. Segundo a organização, o ato que reivindica a legalização da droga reuniu 10 mil pessoas na Praça da Liberdade.

Após três horas de concentração, os participantes saíram da Praça da Estação exatamente às 16h20 e foram em direção à Praça da Liberdade passando pela Rua da Bahia. De acordo com os participantes, este horário é conhecido mundialmente por causa da prática de alunos de uma escola na Califórnia, nos Estados Unidos, que, na década de 1970, saíam das salas para fumar sempre nesta hora.

A polícia militar acompanhou o evento. Na Praça da Estação, segundo o tenente Warley Elias dos Santos, da 6ª Companhia do 1º Batalhão, ninguém foi visto fumando maconha. No entanto, a reportagem da Itatiaia encontrou pessoas portando e consumindo a droga no meio da multidão sem receio de ser flagrado.

“Medo a gente tem, mas com tanta gente fumando, você acha que eles (policiais) vão vir em cima de mim?”, questionou um dos participantes.

Apesar de reunir muitas pessoas, não houve relato de grandes retenções ou lentidão do trânsito no local.

Confira a reportagem completa de Edilene Lopes

Escreva seu comentário

Preencha seus dados

ou

    #ItatiaiaNasRedes

    RadioItatiaia

    'Eu estou levando minha revolta para um lado de injustiça, eu preciso de uma resposta. Eu guardei tudo no quarto do bebê. Essa dor parece que não vai passar', completa.

    Acessar Link

    RadioItatiaia

    O caso foi revelado em primeira mão pela rádio Itatiaia e repercute nacionalmente.

    Acessar Link