Notícias

Levir defende Elias e Patric: 'Não estão jogando bem. Aí tira os dois e traz mais dois. É assim que funciona?'

Por Redação, 15/03/2019 às 21:07
atualizado em: 15/03/2019 às 21:24

Texto:

Foto: Bruno Cantini/Atlético
Bruno Cantini/Atlético

Um dos jogadores do elenco do Atlético há mais tempo no clube, o lateral-direito Patric é o atleta mais criticado por parte da torcida atualmente. Após cada jogo, torcedores reclamam no estádio e nas redes sociais sobre a escalação do camisa 2. O volante Elias é outro que tem 'a cabeça pedida' pelos atleticanos. Mas, em entrevista nesta sexta-feira, o técnico Levir Culpi defendeu os jogadores.

Primeiro, o comandante começou com Patric. “Há quantos anos o Patric está no Atlético? Quase uns dez anos. Quem é a pessoa dentro do Atlético que segura um jogador que não é bom? Você acha que esse jogador tem essa força toda para ficar dez anos aqui no Atlético? Alguma coisa boa ele tem. Ele é um cara gente fina, mas gente fina não tem nada a ver. Ele tem que ter produtividade”, disse.

Contratado em dezembro de 2010, Patric completou oito anos de Atlético no fim da temporada passada. No entanto, o lateral não permaneceu no clube por todo esse tempo. Em agosto de 2011, foi afastado do elenco pelo então técnico Cuca por insubordinação após reclamar depois de ser substituído de uma partida contra o Corinthians, pelo Campeonato Brasileiro. Um mês depois, foi emprestado à Ponte Preta e rodou por outros cinco clubes até 2014. 

Em 2015, voltou ao Atlético a pedido do próprio Levir Culpi após se destacar no Sport. Em 2017, foi cedido ao Vitória, mas acabou retornando ao Galo em 2018 para ficar na reserva de Marcos Rocha. Neste ano, Patric assumiu a titularidade após a venda de Emerson para o Barcelona. A diretoria alvinegra chegou a contratar o jovem Guga, do Avaí, mas o treinador ainda não experimentou o atleta de 20 anos na equipe principal na Libertadores.

“Ele já jogou bem aqui, já jogou bem fora daqui, joga numa posição que tem pouquíssimos jogadores. Nós não conseguimos contratar um lateral-esquerdo, estamos no mercado procurando um lateral. Além disso, é um cara muito profissional, é um cara querido por todos aqui dentro. Eu assisti a um vídeo, uma brincadeira um dia desses, ele fez três gols numa partida pelo Sport Recife. Foram três gols numa partida. Ele não é um perna de pau, cara, não é perna de pau. Não sei como te responder isso, o que gera essa coisa neurótica de escolher um cara para Cristo”, disparou Levir.

Patric renovou contrato com o Atlético em janeiro deste ano. O lateral tem vínculo com o Galo até dezembro de 2020.

Elias

Mesmo com a insatisfação das arquibancadas, o técnico Levir Culpi mantém Elias no time titular, inclusive após a mudança do esquema tático, com a saída do atacante Chará e a entrada do volante Zé Welison, o que fez o jogador ser adiantado se aproximando de Cazares.

Ao comentar sobre os pedidos para a saída de Elias do time, Levir foi irônico. 

“O Elias… vocês lembram… o Elias tem um histórico péssimo. É péssimo. Ele foi horrível no Corinthians, nunca fez nada no Corinthians, nunca fez nada aqui. É péssimo. Esse é o conceito do cara? É uma neurose. Ela ganha embasamento com os resultados dos jogos e com o desempenho dos jogadores. Eles vêm jogando muito bem? Não, não vem jogando muito bem, não estão rendendo o que podem render. Mas vão matar os dois? É isso? Tira os dois e traz mais dois. É assim que funciona? Não é. É como família. Se vocês fizessem assim com o filho de vocês, vocês matavam todos. Vamos ter um pouco mais de calma”, disse o treinador.

Escreva seu comentário

Preencha seus dados

ou

    #ItatiaiaNasRedes

    RadioItatiaia

    ⚽️ #Cruzeiro: Deportivo Lara já chegou em Confins. Time treina nesta terça e fecha a preparação pro jogo de quarta… https://t.co/4TmeXZTyW4

    Acessar Link

    RadioItatiaia

    ⚽A definição dos jogos das semifinais do Estadual aconteceu na noite desta segunda-feira após a vitória do América por 2 a 0 sobre a Caldense, no Independência, pelas quartas ...

    Acessar Link

    RadioItatiaia

    ⚽Coelho contou com uma bobeira da defesa da Veterana nos minutos finais para vencer a partida no Independência

    Acessar Link