Sulamerica - Maxiboard - Internas

Notícias

Leonardo DiCaprio é processado por não fazer pesquisa 'correta' de personagem

Por Agência Estado, 08/03/2018 às 01:21

Texto:

Um ex-executivo da Stratton Oakmont, empresa que foi retratada no filme "O Lobo de Wall Street", está processando o ator Leonardo DiCaprio e os produtores do longa por difamação. Andrew Greene, que foi o diretor jurídico da empresa nos anos 1990, entrou com a ação em 2014 afirmando que o personagem Nicky 'Rugrat' Koskoff (interpretado por P.J. Byrne) foi inspirado nele e que os crimes que ele comete no filme refletem negativamente na sua imagem.

Na última segunda-feira, 5, a revista "The Hollywood Reporter" obteve os depoimentos de DiCaprio e dos produtores. A defesa de Greene está argumentando que os atores e produtores fizeram uma pesquisa mal feita e, portanto, o que foi refletido no filme não condizia com a realidade.

"Eu fiz um tour de Wall Street, li o livro e observei as pessoas que andavam pela rua. Fora isso, não me lembro de mais nada", teria dito DiCaprio no depoimento, explicando como estudou o personagem que interpretou no longa, Jordan Belfort, então presidente da empresa. 

Em seu depoimento, Martin Scorsese, diretor do filme, teria afirmado que não conversou com ninguém que era da companhia e baseou seu roteiro em um livro escrito pelo próprio Jordan Belfort.

A defesa de Greene afirmou que Belfort tem má reputação e tendência A contar mentiras e que seu livro provocaria uma má interpretação dos fatos. Os advogados ainda afirmam que, como ninguém que trabalhou na empresa foi consultado, o roteiro é falho e sujeito a cometer difamações e injúrias contra as pessoas nas quais os personagens foram inspirados.

Se os argumentos de Greene forem aceitos pela juíza, o caso deve ir a julgamento ainda neste ano.

"O Lobo de Wall Street" foi lançado em 2013 e chegou ao Brasil no ano seguinte. No filme, Jordan Belfort é um ambicioso corretor da Bolsa de Valores que cria um verdadeiro império, enriquecendo de forma rápida, porém ilegal.

Escreva seu comentário

Preencha seus dados

ou

    #ItatiaiaNasRedes

    RadioItatiaia

    Ministério de Bolsonaro terá mais militares do que em 1964: https://t.co/sD6HDUip4B https://t.co/eMoe55CzvJ

    Acessar Link

    RadioItatiaia

    Comparado aos outros governos que sucederam o general, o do presidente eleito está no mesmo patamar da gestão do general Emílio Garrastazu Médici, que tinha sete ministros mil...

    Acessar Link

    RadioItatiaia

    As armas estavam dentro de uma sacola em um matagal na BR-040

    Acessar Link