Notícias

A presença de saleiros em mesas e balcões de bares, restaurantes, lanchonetes e similares está proibida em Belo Horizonte.

Só se o cliente pedir

Por Editoria de web , 11/10/2016 às 18:24
atualizado em: 12/10/2016 às 13:42

Texto:

Foto: Creative Commons
Foto: Creative Commons<br>

A presença de saleiros em mesas e balcões de bares, restaurantes, lanchonetes e similares está proibida em Belo Horizonte. A lei, sancionada pelo prefeito Marcio Lacerda, foi publicada na edição desta terça-feira do Diário Oficial do Município.

Os estabelecimentos não poderão deixar o sal exposto, mas estão autorizados a disponibilizá-lo em embalagens individuais quando o cliente pedir. 

O descumprimento está sujeito a multa, com valor a ser fixado com a regulamentação da lei, o que tem prazo de 60 dias para ser feito.

Leia também: Acordo retirou mais de 14 mil toneladas de sal de alimentos

A regra vem do Projeto de Lei 1195/2014, do vereador Tarcísio Caixeta (PCdoB). No site do parlamentar, ele argumenta que, se o sal não estiver exposto, não será consumido impulsivamente. "O uso do sal em excesso é um hábito que pode ser mudado", afirma em sua página.

Em setembro, a Organização Mundial de Saúde (OMS) informou que 17,5 milhões de pessoas morrem todos os anos de doenças cardiovasculares, e apontou que um dos comportamentos que contribuem para isso é o consumo exagerado de sal. A entidade orienta que as pessoas reduzam o tempero a menos de uma colher de chá por dia.

Escreva seu comentário

Preencha seus wdados

ou

    #ItatiaiaNasRedes

    RadioItatiaia

    Participe da nossa jornada @Cruzeiro X @atletico Sub-20! Mande sua pergunta para o nosso comentarista Cadu Doné https://t.co/fn89MPyIZv

    Acessar Link

    RadioItatiaia

    Suave na nave!!! https://t.co/qsnIUGc276

    Acessar Link

    RadioItatiaia

    América empata, Inter vence e campeão da Série B será conhecido na última rodada - http://bit.ly/2jDgXUo

    Acessar Link