PMC - Maxi 970 x 150

Notícias

CSA vence o Inter em Alagoas e ganha fôlego na luta contra o rebaixamento

Por Agência Estado, 09/10/2019 às 23:57
atualizado em: 10/10/2019 às 00:13

Texto:

O Internacional conheceu o seu quarto tropeço consecutivo no Campeonato Brasileiro na noite desta quarta-feira, quando perdeu para o CSA pelo placar de 1 a 0, no Rei Pelé, pela 24ª rodada. O resultado também confirmou a ascensão do time alagoano, que esquentou a briga contra o rebaixamento.

Com o resultado, o Internacional ficou estacionado nos 38 pontos, deixando definitivamente a luta pelo título brasileiro. Já o CSA foi para 25, ganhando um novo fôlego contra a degola.

Com mais de 70% de posse de bola, o Inter dominou o primeiro tempo e chegou a ter dois gols anulados. O primeiro foi com Guilherme Parede. Ele recebeu de Neílton e chutou colocado para o fundo das redes, mas nada valeu. Ele estava em posição irregular. O mesmo Parede fez o segundo, após passe de Uendel, mas novamente foi marcado impedimento.

O time gaúcho ainda criou mais duas oportunidades com Rodrigo Lindoso. O volante arriscou de longe e parou na defesa de Jordi. Ele tentou no lance seguinte, mas desta vez acertou caprichosamente a bola na trave. O goleiro ainda pegou uma tentativa de Jordi, pelo lado esquerdo de campo.

O CSA foi mais discreto. Cauteloso, o time alagoano tentou pressionar nos minutos finais. Em cobrança de escanteio de Bustamante, Alecsandro cabeceou rente à trave. Antes do apito final, Naldo tentou marcar, mas jogou nas mãos de Marcelo Lomba

No segundo tempo, O CSA se arriscou mais e chegou com perigo logo aos seis minutos. Carlinhos cruzou na cabeça de Alecsandro, que jogou muito perto do gol de Lomba. Em seguida, foi a vez de Jonatan Gomez desperdiçar grande oportunidade. Ele recebeu dentro da área e chutou para fora.

A pressão deu resultado. O CSA abriu o placar aos 20 minutos. Dawhan invadiu a área e acabou derrubado por Uendel, pênalti. Jonatan Gomez foi para a cobrança e fez 1 a 0. A resposta veio com Wellington Silva. O chute do atacante, porém, acabou tirando tinta da trave.

O Internacional tentou um abafa nos minutos finais, mas encontrou um CSA muito bem postado no setor defensivo. O time alagoano se fechou e segurou o avanço do rival, tanto que Jordi pouco trabalhou na segunda etapa.

Na próxima rodada, o CSA enfrenta o Goiás no sábado, às 17h, no estádio Serra Dourada, em Goiânia (GO). No domingo, às 16h, o Internacional enfrenta o Santos no Beira-Rio, em Porto Alegre (RS).

FICHA TÉCNICA:

CSA 1 x 0 INTERNACIONAL

CSA - Jordi; Apodi (Bruno Alves), Ronaldo Alves, Luciano Castán e Carlinhos; Naldo, Jean Cléber, Dawhan e Jonatan Gomez; Bustamante (Jarro Pedroso) e Ricardo Bueno (Alecsandro). Técnico: Argel Fucks.

INTERNACIONAL - Marcelo Lomba; Heitor, Emerson Santos (Klaus), Victor Cuesta e Uendel (Wellington Silva); Rodrigo Lindoso, Edenílson e Patrick. Nico López, Guilherme Parede e Neilton (D'Alessandro). Técnico: Odair Hellmann.

GOL - Jonatan Gomez, aos 20 minutos do segundo tempo.

ÁRBITRO - Vinicius Furlan (SP).

CARTÕES AMARELOS - Ricardo Bueno (CSA); Nico López e D'Alessandro (Internacional).

RENDA - R$ 189.200,00.

PÚBLICO - 9.927 pagantes.

LOCAL - Estádio Rei Pelé, em Maceió (AL).

Escreva seu comentário

Preencha seus dados

ou

    #ItatiaiaNasRedes

    RadioItatiaia

    'Eu estou levando minha revolta para um lado de injustiça, eu preciso de uma resposta. Eu guardei tudo no quarto do bebê. Essa dor parece que não vai passar', completa.

    Acessar Link

    RadioItatiaia

    O caso foi revelado em primeira mão pela rádio Itatiaia e repercute nacionalmente.

    Acessar Link