ALMG - SOU MINAS DEMAIS

Notícias

Igor Rabello reclama do VAR e de pênalti não marcado para o Atlético no Mineirão

Por Agência Estado, 20/04/2019 às 19:56
atualizado em: 20/04/2019 às 20:28

Texto:

Foto: Bruno Cantini / Atlético
Bruno Cantini / Atlético

Os jogadores do Atlético deixaram o gramado do estádio Independência insatisfeitos com a arbitragem após o empate com o Cruzeiro, por 1 a 1, neste sábado, que culminou com o vice-campeonato mineiro 2019.

Ainda no primeiro tempo, Elias abriu o placar para os atleticanos, mas o empate cruzeirense veio aos 34 minutos da etapa final com Fred em cobrança de pênalti, que foi assinalado graças ao VAR após o árbitro de vídeo ver a bola tocar na mão de Leonardo Silva.

O lance gerou muita reclamação dos atleticanos. Em especial Igor Rabello, que lembrou do pênalti não marcado em cima dele mesmo no jogo de ida, quando foi puxado por Dedé dentro da área.

"Teve o VAR no Mineirão, não sei o que aconteceu lá, mas se tivesse marcado aquele pênalti talvez a gente seria campeão hoje aqui. Agora é esquecer e pensar na Libertadores", indicou Rabello.

Na próxima terça-feira, o Atlético recebe o Nacional-URU, no Mineirão, e não pode pensar em outro resultado que não seja a vitória para seguir com chances de classificação às oitavas de final da Copa Libertadores.

Faltando apenas duas rodadas, o Atlético está na terceira colocação do Grupo E, com três pontos, seis a menos que o vice-líder Nacional. O líder Cerro Porteño tem 12 e já está classificado. Existe a expectativa de a diretoria, segunda-feira iniciar oficialmente contato para contratar o técnico Rogério Ceni, do Fortaleza.

Escreva seu comentário

Preencha seus dados

ou

    #ItatiaiaNasRedes

    RadioItatiaia

    ⚽️Réver exalta empenho no Horto e diz que Atlético ‘pagou preço muito alto pelo 1º jogo’ - https://t.co/MUZaT0UUm7 https://t.co/4VJdqGqoOq

    Acessar Link

    RadioItatiaia

    ⚽Zagueiro também comentou a atitude dos torcedores atleticanos, que reconheceram o empenho dos jogadores em campo e aplaudiram o time após o apito final

    Acessar Link

    RadioItatiaia

    Homem de 34 anos chegou a ser atendido ainda no estádio pela equipe médica e foi socorrido para o Hospital João XXIII, em Belo Horizonte, mas não resistiu e faleceu.

    Acessar Link